em 


Opções Avançadas

Próximos Lançamentos

 

Neste espaço, uma prévia de futuros lançamentos da L&PM Editores.

AÇÚCAR: CULPADO OU INOCENTE?

AÇÚCAR: CULPADO OU INOCENTE?

THE CASE AGAINST SUGAR

Gary Taubes
Tradução de Caroline Chang

TUDO O QUE VOCÊ DEVERIA SABER SOBRE O AÇÚCAR...mas não quiseram que você soubesse

Nunca consumimos tanto açúcar quanto hoje. As consequências nefastas desse consumo elevado são muitas, e há fortes indícios de que a isto estejam relacionadas as cinco doenças que mais matam no Ocidente – diabetes, doença cardiovascular, câncer, AVC e mal de Azheimer –, bem como as crescentes taxas de obesidade.

Neste livro, o renomado jornalista científico Gary Taubes aborda, por um lado, a história do açúcar na alimentação ­humana e, por outro, as pesquisas que apontam seus efeitos maléficos e as que até hoje o isentaram como substância nociva. Vemos como cartéis, governos, agências estatais, a academia, gerações inteiras de médicos e nutricionistas contribuíram para afastar da opinião pública a mera desconfiança de que o açúcar pudesse fazer mal. Com uma objetividade e uma clareza ímpares, o autor desvenda as implicações de seu consumo e as razões pelas quais ainda há muito que não sabemos sobre como essa substância age no nosso organismo.

Uma leitura instigante, fundamental para qualquer pessoa preocupada com sua própria saúde e de sua família.

 

“Eis um livro chocante e extremamente importante, com profundas implicações para a alimentação e a saúde.” - The Guardian

Preço R$ 49,90

Informações Gerais

Título:

AÇÚCAR: CULPADO OU INOCENTE?

Título Original:

THE CASE AGAINST SUGAR

Catálogo:

Outros Formatos

Gênero:

Saúde
Não ficção

Cód.Barras:

9788525437631

ISBN-13:

978.85.254.3763-1

Formato:

14x21

Páginas:

384

A ARTE DE SER FLEXÍVEL

A ARTE DE SER FLEXÍVEL

Walter Riso
Tradução de Marcelo Barbão

 

A arte de se reinventar a cada dia

Não existe personalidade perfeita. Uns são obsessivos, outros são preguiçosos; uns mudam de opinião o tempo todo, outros têm opiniões fortes em demasia. O psicólogo Walter Riso, em função de uma extensa carreira como terapeuta cognitivo, descobriu que a capacidade de manter a mente aberta, rever os próprios conceitos e se adaptar às circunstâncias está diretamente ligada à alegria e à felicidade que a pessoa vivencia. No entanto, não costuma ser simples nos desfazer de nossas convicções, sejam elas de ordem profissional, pessoal ou política.

Neste livro, o autor discorre sobre a grande força que é uma mente capaz de se adaptar e de rever os próprios conceitos, defende a abertura ao desconhecido e ao humor (não se levar a sério demais!) como uma das chaves para uma vida feliz e dá dicas de como mudar nosso comportamento na direção da flexibilidade. 

Preço R$ 23,90

Informações Gerais

Título:

A ARTE DE SER FLEXÍVEL

Catálogo:

Coleção L&PM Pocket

Gênero:

Auto-ajuda

Referência:

1279

Cód.Barras:

9788525437297

ISBN-13:

978.85.254.3729-7

Páginas:

208

1° Edição:

julho de 2018

OS SUBTERRÂNEOS

OS SUBTERRÂNEOS

THE SUBTERRANEANS

Jack Kerouac
Tradução de Paulo Henriques Britto
CLÁSSICOS MODERNOS

Uma das mais famosas obras do pai  dos escritores beat

Escrito durante três dias e três noites, Os subterrâneos foi gerado a partir do mesmo tipo de rompante inspiracional que produziu o grande clássico de Jack Kerouac (1922-1969), On the Road. Girando em torno da tumultuada relação entre Leo Percepied e Mardou Fox – dois frequentadores do underground de São Francisco, sendo ele o alter ego do autor e ela uma moça metade cherokee, metade negra –, trata-se de uma história de becos escuros e cômodos esfumaçados, de artistas, visionários e aven­tureiros vivendo à margem da sociedade. Publicado em 1958 –um ano após o lançamento de On the Road –, Os subterrâneos parte de uma experiência autobiográfica (o relacionamento de Kerouac com uma moça negra, no verão de 1953) para, num estilo jazzístico, apresentar os deleites e os desafios daquela cativante geração de hipsters.

 

 “Primeira novidade da prosa americana desde Hemingway, a escrita de Kerouac é cheia de sexo enlouquecido, humor, relatos de viagem em cinemascope e evocações líricas.” - The Times

“Cada livro de Kerouac é único (...). Tal estilo, rico e espontâneo, não tem paralelos na segunda metade do século XX.” - ​Allen Ginsberg

Preço R$ 21,90

Informações Gerais

Título:

OS SUBTERRÂNEOS

Título Original:

THE SUBTERRANEANS

Catálogo:

Outros Formatos

Gênero:

Literatura moderna internacional
Romance

Série:

Clássicos Modernos

Cód.Barras:

9788525437686

ISBN-13:

978.85.254.3768-6

Formato:

13x20cm

Páginas:

120

1° Edição:

junho de 2018

DA TERRA À LUA

DA TERRA À LUA

DE LA TERRE À LA LUNE

Júlio Verne
Tradução de Gustavo de Azambuja Feix

Uma das ficções mais influentes de Júlio Verne

Publicada em 1865, Da Terra à Lua é uma das obras de ficção científica mais audaciosas de Júlio Verne (1828-1905), que ante­cipou em mais de cem anos a chegada do homem à Lua.

Após o fim da Guerra da Secessão, os membros do Gun Club (com sede na cidade americana de Baltimore), de pretensões mi­litares e envolvidos principalmente com a indústria de canhões, anseiam por uma nova empreitada armamentista. O presidente do famigerado clube, Impey Barbicane, propõe construírem o maior projétil já visto e enviá-lo à Lua.

Verne situa na Flórida a base da qual será lançado o projétil, e faz uso de todo o seu humor para narrar as peripécias dos senho­res envolvidos em um projeto assim tão arriscado. Será ou não possível fazê-lo chegar à Lua com seres humanos dentro?

Tal como suas outras obras de ficção científica, o autor tratou aqui de várias tecnologias de ponta no século XIX (como o alumí­nio), antecipou diversas outras e previu um feito considerado im­possível: a chegada do homem à Lua, que só ocorreria em 1969. Eis um dos livros mais influentes do autor, que foi adaptado para ópera e games, além de ter inspirado, entre outros, o também inovador H.G. Wells, o clássico dos primórdios do cinema Via­gem à Lua (1902), de George Méliès, e a série cinematográfica De volta para o futuro.

Preço R$ 22,90

Informações Gerais

Título:

DA TERRA À LUA

Título Original:

DE LA TERRE À LA LUNE

Catálogo:

Coleção L&PM Pocket

Gênero:

Literatura moderna internacional
Ficção científica Ficção Ficção estrangeira

Referência:

1281

Cód.Barras:

9788525436399

ISBN-13:

978.85.254.3639-9

Páginas:

256

MINHAS GALERIAS E MEUS PINTORES: DEPOIMENTO A FRANCIS CRÉMIEUX

MINHAS GALERIAS E MEUS PINTORES: DEPOIMENTO A FRANCIS CRÉMIEUX

MES GALERIES ET MES PEINTRES

Daniel-Henry Kahnweiler
Tradução de Eliane Tejera Lisbôa e Gustavo de Azambuja Feix

O maior marchand do século XX

A revolução cubista que mudou a cara da arte no começo do século XX teria ocorrido de qualquer forma se dela participas­sem apenas Pablo Picasso e Georges Braque; mas certamente não seria a mesma se junto deles não estivesse o jovem judeu alemão Daniel-Henry Kahnweiler (1884-1979). Este homem discreto, de nome complicado e modos educados, pode ser considerado, ao lado do folclórico Ambroise Vollard, o maior e mais importante marchand da arte moderna.

Por essa razão, este livro é um documento fundamental e único sobre a vida artística da primeira metade do século XX, sobre o nascimento do cubismo, os colecionadores, as regras do comércio da arte e especialmente sobre a vida dos pinto­res, trazendo histórias deliciosas a respeito de Léger, Picasso e o caráter fanaticamente autobiográfico de sua obra, e sobre Juan Gris, para quem Kahnweiler consagrou um livro, escrito no final da Primeira Guerra.

Kahnweiler começou com uma pequena galeria na rua Vignon, em Paris, em 1907. Foi lá, no ano seguinte, que Braque e Derain estrearam comercialmente com um catálogo pre­faciado por Apollinaire. Seu trabalho teve continuidade com Picasso – de quem foi marchand por setenta anos –, Laurens, Léger, Juan Gris e muitos outros. Este livro é a longa e bela história de um homem que consagrou sua vida à paixão da arte e teve o privilégio de acompanhar o dia a dia da grande revolução da arte moderna.

Preço R$ 21,90

Informações Gerais

Título:

MINHAS GALERIAS E MEUS PINTORES: DEPOIMENTO A FRANCIS CRÉMIEUX

Título Original:

MES GALERIES ET MES PEINTRES

Catálogo:

Coleção L&PM Pocket

Gênero:

Entrevistas
Não ficção

Referência:

1282

Cód.Barras:

9788525427113

ISBN-13:

978.85.254.2711-3

Páginas:

208

ANTOLOGIA POÉTICA

ANTOLOGIA POÉTICA

Anna Akhmátova

Tradução de Lauro Machado Coelho

Uma voz feminina contra a opressão

Tradução do russo, seleção, apresentação e notas de Lauro Machado Coelho

O tom intimista e confessional de sua poesia fez com que Anna Akhmátova (1889-1966) se tornasse um grande sucesso desde a publicação de seu segundo livro, Rosário, em 1914. Era a primeira vez na literatura russa que uma mulher não tentava competir com os homens, mas sim criar uma expressão única ao utilizar uma linguagem concisa, direta e despida de ornamentos, atingindo o leitor menos por aquilo que é dito do que por aquilo que deixa de estar lá.

Este volume reúne as mais importantes criações de Anna Akhmátova, incluindo “Poema sem herói”, que ela considerava o coroamento de sua obra. Escrito durante a Segunda Guerra Mundial, carregava a marca do sofrimento que foi a vida da poeta.

Perseguida pelas autoridades stalinistas, que a proibiram de publicar, ela teve que enfrentar o fuzilamento do primeiro marido, a morte do terceiro num campo de concentração e a terrível angústia de ver o filho preso. Para lutar contra essa barbárie, Akhmátova deu vida a um dos maiores testemunhos literários do sofrimento individual sob a opressão política.

 

Hoje, tenho muito o que fazer:
devo matar a memória até o fim.
Minha alma vai ter de virar pedra.
Terei de reaprender a viver.

(Trecho de “O veredicto”)

Preço R$ 26,90

Informações Gerais

Título:

ANTOLOGIA POÉTICA

Catálogo:

Outros Formatos

Gênero:

Poesia

Série:

Clássicos Modernos

Cód.Barras:

9788525437693

ISBN-13:

978.85.254.3769-3

Formato:

13x20cm

Páginas:

208

1° Edição:

junho de 2018

SAPIENS – UMA BREVE HISTÓRIA DA HUMANIDADE

SAPIENS – UMA BREVE HISTÓRIA DA HUMANIDADE

SAPIENS – A BRIEF HISTORY OF HUMANKIND

Yuval Noah Harari
Tradução de Janaína Marcoantonio

Um dos maiores fenômenos editoriais dos últimos tempos

O que possibilitou ao Homo sapiens subjugar as demais espécies? O que nos torna capazes das mais belas obras de arte, dos avanços científicos mais impensáveis e das mais horripilantes guerras?

Nossa capacidade imaginativa. Somos a única espécie que acredita em coisas que não existem na natureza, como Estados, dinheiro e direitos humanos.

Partindo dessa ideia, Yuval Noah Harari, doutor em história pela Universidade de Oxford, aborda em Sapiens a história da humanidade sob uma perspectiva inovadora. Explica que o ca­pitalismo é a mais bem-sucedida religião; que o imperialismo é o sistema político mais lucrativo; que nós, humanos modernos, embora sejamos muito mais poderosos que nossos ancestrais, provavelmente não somos mais felizes.

Um relato eletrizante sobre a aventura de nossa extraordinária espécie – de primatas insignificantes a senhores do mundo.

 

“Uma história abrangente da raça humana. [...] aborda alguns dos fatores cruciais que nos permitiram construir esta extraordinária civilização.” - Barack Obama

Preço R$ 36,90

Informações Gerais

Título:

SAPIENS – UMA BREVE HISTÓRIA DA HUMANIDADE

Título Original:

SAPIENS – A BRIEF HISTORY OF HUMANKIND

Catálogo:

Coleção L&PM Pocket

Gênero:

História
Evolução

Referência:

1288

Cód.Barras:

9788525434616

ISBN-13:

978.85.254.3461-6

Páginas:

592

1° Edição:

março de 2015

O FUTURO DE UMA ILUSÃO SEGUIDO DE O MAL-ESTAR NA CULTURA

O FUTURO DE UMA ILUSÃO SEGUIDO DE O MAL-ESTAR NA CULTURA

DIE ZUKUNFT EINER ILLUSION E DAS UNBEHAGEN IN DER KULTUR

Sigmund Freud

Tradução de Renato Zwick

Revisão técnica e prefácios de Renata Udler Cromberg e Márcio Seligmann-Silva
Ensaio biobibliográfico de Paulo Endo e Edson Sousa

Religião e culpa

Tradução do alemão de Renato Zwick
Revisão técnica e prefácios de Renata Udler Cromberg e Márcio Seligmann-Silva
Ensaio biobibliográfico de Paulo Endo e Edson Sousa

Em 1927, Sigmund Freud (1856-1939) publicou O futuro de uma ilusão, que se tornaria um de seus textos mais difundidos. Endereçado a seu amigo e reverendo protestante Oskar Pfister, a obra consiste numa reflexão sobre o hábito de as pessoas se voltarem à religião em busca de soluções para problemas terrenos. Freud, que se autodenominava judeu ateu, não acreditava na religião – “a neurose obsessiva universal da humanidade” – como forma de apreensão do mundo; aqui ele demonstra que ela depende de sentimentos infantis não resolvidos e mais: é a culpada pela atrofia intelectual da maior parte dos seres humanos.

Dois anos depois, em 1929, volta ao tema e aprofunda sua reflexão, dessa vez estendendo a análise para a cultura em geral. Em O mal-estar na cultura (publicado em 1930), já mais pessimista, vê o desamparo infantil como estando na gênese do sentimento religioso do adulto, e a cultura (ou a civilização) como algo que exige o recalque de sentimentos espontâneos. O mal-estar estaria não só na base da religiosidade, mas seria fundação do nosso próprio estado de cultura. 

Eis aqui, pela primeira vez traduzidos diretamente do alemão e reunidos num mesmo volume, dois dos textos sociais de Freud, intérprete da humanidade, tão influentes hoje quanto à época de sua publicação.

Preço R$ 28,90

Informações Gerais

Título:

O FUTURO DE UMA ILUSÃO SEGUIDO DE O MAL-ESTAR NA CULTURA

Título Original:

DIE ZUKUNFT EINER ILLUSION E DAS UNBEHAGEN IN DER KULTUR

Catálogo:

Outros Formatos

Gênero:

Psicanálise

Série:

Clássicos Modernos

Cód.Barras:

9788525437655

ISBN-13:

978.85.254.3765-5

Formato:

13x20cm

Páginas:

208

1° Edição:

junho de 2018

voltar ir para o topo   imprimir página
 

Home    Quem Somos    Notícias    Mapa do Site    Fale Conosco    Podcast L&PM

Rua Comendador Coruja, 314 - Fone: (51) 3225.5777 - Fax: (51) 3221.5380 - Porto Alegre/RS - CEP 90220-180
Alameda Santos, 1470, cj 310 - Cerqueira César - Fone: (11) 3578.6606 - São Paulo/SP - CEP 01418-903

© 2003-2018 Publibook Livros e Papeis Ltda. - CNPJ 87.932.463/0001-70 - Powered by CIS Manager   Desenvolvido por Construtiva