em 


Opções Avançadas

Próximos Lançamentos

 

Neste espaço, uma prévia de futuros lançamentos da L&PM Editores.

AVENTURAS DE UM GOURMET EM PARIS

AVENTURAS DE UM GOURMET EM PARIS

VOYAGE D’UN GOURMET À PARIS

Jean-Claude Ribaut

Tradução de Gustavo de Azambuja Feix

“...a obra de um verdadeiro escritor que encontrará um lugar seja entre os clássicos da história de Paris, seja entre os clássicos da literatura gastronômica. [...] Um autêntico guia, bairro por bairro, dos restaurantes da cidade, dos mais célebres aos mais modestos.”  Bernard Pivot, Le Journal du Dimanche

Não é à toa que Paris é sinônimo de requinte gastronômico: nenhuma outra cidade desempenhou, sozinha, um papel tão importante na história da culinária profissional. Para explorar esse elo, Jean-Claude Ribaut nos presenteia, neste livro, com uma experiência única – e saborosa: um passeio no tempo e no espaço, tendo como foco a cena gastronômica da capital francesa, a partir da sua experiência privilegiada de crítico e colunista do Le Monde durante quase vinte anos. Do primeiro estabelecimento que mereceu o nome de restaurante às últimas experiências das casas e dos chefs que estão renovando a cozinha francesa, eis um relato delicioso que mescla a história de Paris com a de seus restaurantes, bistrôs e brasseries – imprescindível para qualquer apaixonado pela Cidade Luz e pela boa mesa.

Preço R$ 44,90

Informações Gerais

Título:

AVENTURAS DE UM GOURMET EM PARIS

Título Original:

VOYAGE D’UN GOURMET À PARIS

Catálogo:

Outros Formatos

Gênero:

Viagem
Gastronomia Não ficção

Cód.Barras:

9788525433343

ISBN-13:

978-85-254-3334-3

Formato:

14x21

Páginas:

312

MARAVILHOSAMENTE IMPERFEITO, ESCANDALOSAMENTE FELIZ

MARAVILHOSAMENTE IMPERFEITO, ESCANDALOSAMENTE FELIZ

MARAVILLOSAMENTE IMPERFECTO, ESCANDALOSAMENTE FELIZ

Walter Riso

Tradução de Célia Regina Rodrigues de Lima

Você é imperfeito. Parabéns!

Vivemos em uma cultura de vencedores. Basicamente, se você não é um deles, você é um loser, um perdedor. Essa afirmação parece forte? Não parece, é. Então ima­gine como é viver sob a pressão de ter que ser o melhor sempre, não errar nunca, ser uma pessoa segura de si, agradar a todos. Tentar se sobressair a qualquer custo tem seu preço: pode nos custar a autoestima, o convívio social e nos condenar a um sofrimento inútil.

Walter Riso se baseia em suas três décadas de experiência profissional como terapeuta para nos ajudar a tirar um grande peso dos ombros. Este livro propõe dez premissas libertadoras para deixarmos de querer ser o que nunca poderemos ser e, mesmo as­sim, nos amarmos e cuidar de nós mesmos. Podemos ser escandalosamente felizes com nossa maravilhosa imperfeição.

Preço R$ 34,90

Informações Gerais

Título:

MARAVILHOSAMENTE IMPERFEITO, ESCANDALOSAMENTE FELIZ

Título Original:

MARAVILLOSAMENTE IMPERFECTO, ESCANDALOSAMENTE FELIZ

Catálogo:

Outros Formatos

Gênero:

Auto-ajuda

Cód.Barras:

9788525434579

ISBN-13:

978-85-254-3457-9

Formato:

14x21

Páginas:

248

UMA ANEDOTA INFAME

UMA ANEDOTA INFAME

SKVERNYI ANEKDOT

Fiódor Dostoiévski
Tradução de Polyana Ramos

Uma sátira afiada e implacável

Ivan Ilítch Pralínski, general e alto funcionário público, tem fama de liberal. Bonito e requintado, um poeta na alma, anda com uma condecoração no pescoço e sonha em ser estadista. Ao sair de um jantar, passa ao acaso na frente da festa do casamento de um de seus subalternos mais humildes e vê aí uma oportunidade: dar a honra de sua bondosa presença ao pobre Pseldonímov. Mas nada sai como planejado, e sua deferente visita se transforma numa espiral de constrangimento.

Dostoiévski publicou Uma anedota infame primeiramen­te em capítulos em 1862 na revista Tempo, que mantinha com o irmão. No mesmo ano em que publicava Memórias da casa dos mortos, construiu esta afiada sátira sobre a luta de classes da Rús­sia do século XIX, um de seus temas mais caros. Ao contrário dos sombrios dramas que marcaram sua literatura, esta novela está carregada de uma falsa leveza. Sarcasticamente revela a visão de mundo de Dostoiévski: o ser humano apoia seu semelhante ao mes­mo tempo em que o esmaga cruelmente.

Preço R$ 11,90

Informações Gerais

Título:

UMA ANEDOTA INFAME

Título Original:

SKVERNYI ANEKDOT

Catálogo:

Coleção L&PM Pocket

Gênero:

Ficção
Arteterapia Ficção estrangeira

Série:

Coleção 96 Páginas

Referência:

1253

Cód.Barras:

9788525436313

ISBN-13:

978-85-254-3631-3

Páginas:

96

1° Edição:

julho de 2017

PARIS LIBERTÁRIA: OS AVENTUREIROS DA ARTE MODERNA (1931-1939)

PARIS LIBERTÁRIA: OS AVENTUREIROS DA ARTE MODERNA (1931-1939)

LIBERTAD!

Dan Franck

Tradução de Gustavo de Azambuja Feix

Os conflitos do mundo passam por Paris

Sobre os frangalhos da Europa pós-Primeira Guerra Mundial sopravam ventos desejosos por revolução social, moral, artística e política. Tais ventos passavam inevitavelmente por Paris – então capital mundial da cultura e da vanguarda. Nesse período (posteriormente chamado de entreguerras), foram construídas as ideologias radicais que eclodiriam na Guerra Civil Espanhola (1936-1939), no que seria chamado de stalinismo e, finalmente, na Segunda Guerra Mundial. A Guerra Civil Espanhola – conflito decorrido de um golpe de Estado de direita sobre um governo socialista eleito – foi a primeira grande manifestação em palco europeu desse embate ideológico e, como tal, mobilizou intelectuais e pensadores muito além das fronteiras do país. Muitos encontravam-se em Paris, outros tantos tinham ligações com Moscou e o Partido Comunista Soviético. E vários deles, como André Malraux, Ernest Hemingway, Federico García Lorca, Robert Capa, se alistaram nas célebres Brigadas Internacionais, que reuniram voluntários de todo o mundo na luta contra o fascismo de Franco.

Este volume, que compõe a segunda parte da trilogia informal de Dan Franck sobre Paris e seus artistas e intelectuais do início do século XX até o final da Segunda Guerra Mundial, é um verdadeiro afresco cujos heróis se chamam Malraux, Antoine de Saint-Exupéry, Jacques Prévert, Pablo Picasso, Salvador Dalí, Paul Éluard, John dos Passos, Hemingway, George Orwell, Bob Capa entre outros. A este relato sui generis, retrato de uma época que hesita entre a esperança e o caos, soma-se o amor, os dramas e a vida cotidiana destes personagens enquanto transitam por Paris, Madri, Berlim e Moscou.

Fruto de cinco anos de pesquisas, esta saga mostra como a modernidade foi forjada por uma geração cujos heróis, atrás das barricadas da arte e do pensamento, clamavam por: “Liberdade!”.

Preço R$ 34,90

Informações Gerais

Título:

PARIS LIBERTÁRIA: OS AVENTUREIROS DA ARTE MODERNA (1931-1939)

Título Original:

LIBERTAD!

Catálogo:

Coleção L&PM Pocket

Gênero:

História
Não ficção Arte

Referência:

1251

Cód.Barras:

9788525436269

ISBN-13:

978-85-254-3626-9

Páginas:

416

1° Edição:

julho de 2017

SOBRE GATOS

SOBRE GATOS

ON CATS

Charles Bukowski

Tradução de Rodrigo Breunig

O gato é o belíssimo diabo

Gatos são os animais mais admirados por Charles Bukowski, que chegou a ter vários deles ao mesmo tempo. Considerava-os professores, sábios e sobreviventes – como ele próprio. Esta coletânea é composta de textos inéditos sobre esses bichos misteriosos que tocaram a alma alquebrada do Velho Safado. Uma leitura crua, terna e divertida.

Bukowski e gatos, duas paixões.

Charles Bukowski, o poeta da sarjeta e da ressaca, o romancista do desencanto do sonho americano, quem diria, tinha um fraco por bichanos peludos e ronronantes. Principalmente na velhice, tornou-se sentimental com os felinos, que considerava criaturas majestosas, potentes e inescrutáveis, seres sensíveis cujo olhar inquietante pode penetrar as profundezas da alma. Eram, para ele, forças únicas da natureza, emissários sutis da beleza e do amor.

Abel Debritto, biógrafo do autor que editou duas outras coletâneas temáticas, Sobre o amor e Escrever para não enlouquecer, reuniu aqui poemas e textos em prosa inéditos contendo reflexões sobre os animais que tanto fascínio e respeito provocavam em Bukowski. Os felinos retratados por ele são muitas vezes ferozes e exigentes. Ele os mostra perseguindo uma presa, passeando sobre páginas datilografadas, acordando-o com unhadas e mordidas.

Se o personagem Henry Chinaski era seu alterego, os gatos são seu alterego de quatro patas. Pois, ao discorrer sobre gatos – vagabundos, lutadores, caçadores e sobreviventes –, o Velho Safado fala, na verdade, sobre seu melhor assunto: ele próprio.

Preço R$ 29,90

Informações Gerais

Título:

SOBRE GATOS

Título Original:

ON CATS

Catálogo:

Outros Formatos

Gênero:

Poesia
Literatura moderna internacional Literatura estrangeira

Série:

Bukowski

Cód.Barras:

9788525434296

ISBN-13:

978-85-254-3429-6

Formato:

14x21

Páginas:

139

O ÚLTIMO DIA DE UM CONDENADO

O ÚLTIMO DIA DE UM CONDENADO

LE DERNIER JOUR D'UN CONDAMNÉ

Victor Hugo

Tradução de Paulo Neves

Um libelo contra a pena capital

Quais as sensações e os sentimentos de um prisioneiro que sabe que seu destino é ser executado? “Condenado à morte!” É assim que começa a história, narrada pelo próprio personagem, dos derradeiros dias de um homem que não nos diz seu nome, nem o crime que cometeu, mas que tem uma única certeza: a de que logo sua cabeça será ceifada. Ou caberá a ele um indulto? O condenado se vale da escrita como meio de escape, retratando a mudança psicológica, quase física, que vivencia no corredor da morte. Ao leitor, cabe prender o fôlego para acompanhar o que se passa na cabeça do protagonista.

Autor de Os miseráveis, entre várias outras obras de grande envergadura, e um dos maiores nomes da literatura do século XIX, Victor Hugo mostra aqui sua faceta ativista e política, fazendo deste romance, publicado em 1829, um protesto contra a pena de morte.

Preço R$ 11,90

Informações Gerais

Título:

O ÚLTIMO DIA DE UM CONDENADO

Título Original:

LE DERNIER JOUR D'UN CONDAMNÉ

Catálogo:

Coleção L&PM Pocket

Gênero:

Ficção estrangeira
Romance

Série:

Coleção 96 Páginas

Referência:

1254

Cód.Barras:

9788525436320

ISBN-13:

978-85-254-3632-0

Páginas:

96

1° Edição:

julho de 2017

COMO LER LITERATURA

COMO LER LITERATURA

HOW TO READ LITERATURE

Terry Eagleton

Tradução de Denise Bottmann

Como aproveitar ao máximo os livros que você lê?

A maioria dos livros introdutórios sobre teoria ou análise literária comete o mesmo pecado capital: tentar normatizar e prender numa grade de critérios fixos algo que é de uma riqueza vastíssima, viva, subjetiva e variável, como são as grandes obras da literatura. Terry Eagleton, professor e crítico de larga experiência, autor de Teoria da literatura: uma introdução (até hoje uma das grandes referências na área), não incorre nesse erro. Em Como ler literatura, embora seja uma obra introdutória, vemos que o autor não apenas conhece muito bem sua matéria como tem sensibilidade suficiente para não matar o objeto de estudo ao dissecá-lo.

Sempre tratando a literatura como parte da cultura humana, Eagleton mostra a importância e a riqueza de se atentar, quando lemos, para aspectos como ritmo, sintaxe, alusões, ambiguidade, enredo, narrativa etc. – que tanto podem acrescentar à nossa fruição. Shakespeare, Conrad, Nabokov, Dante Alighieri, Dickens, Jane Austen, Milton, Sófocles e J.K. Rowling são alguns dos autores frequentados, dos quais faz análises brilhantes e instigantes, sempre com a clareza que lhe é característica. Diferentemente de muitos críticos e acadêmicos, o autor não coloca a literatura canônica num pedestal inalcançável; antes, lança mão de elementos da cultura popular para melhor expor suas ideias. Neste texto ao mesmo tempo sofisticado e bem-humorado, temos a obra da maturidade de um grande crítico, de um grande pensador, que nos contagia com sua sabedoria humanista. 

Preço Consulte

Informações Gerais

Título:

COMO LER LITERATURA

Título Original:

HOW TO READ LITERATURE

Catálogo:

Outros Formatos

Gênero:

Literatura estrangeira

Cód.Barras:

Formato:

14x21

A SOMBRA DA ROTA DA SEDA

A SOMBRA DA ROTA DA SEDA

SHADOW OF THE SILK ROAD

Colin Thubron

Tradução de Otávio Albuquerque

“Thubron é o escritor de viagens mais destacado de sua geração.”  - Sunday Telegraph

“Você viaja porque ainda é jovem e quer viver aventuras e ouvir o som das suas botas pisando na terra. Você viaja porque é velho e precisa entender alguma coisa antes que seja tarde demais. Você viaja para ver o que pode acontecer.” Esse é o espírito de Colin Thubron ao decidir percorrer a Rota da Seda, o maior eixo comercial do Mundo Antigo, que ligava o Oriente à Europa. De ônibus, caminhão, carro, carroça e camelo, Thubron cruzou mais de 11 mil quilômetros do coração da China – iniciando seu trajeto na cidade de Xian, região tida como o berço da seda – até as montanhas da Ásia Central, passando pelo norte do Afeganistão e pelas planícies do Irã até chegar à Turquia, por esta que foi a maior série de rotas já percorridas pelo homem.

Mais do que um registro histórico, A sombra da Rota da Seda é um trabalho investigativo sobre um mundo em constante mudança. Aqui vemos o passado e o presente de lugares como a China, o Irã, o Iraque, a Síria, o Afeganistão, a Turquia sob o olhar de um observador atento, que partilha conosco o fascínio de revisitar um capítulo tão rico da história.

Preço Consulte

Informações Gerais

Título:

A SOMBRA DA ROTA DA SEDA

Título Original:

SHADOW OF THE SILK ROAD

Catálogo:

Outros Formatos

Gênero:

Viagem
Não ficção

Cód.Barras:

9788525432810

ISBN-13:

978-85-254-3281-0

Formato:

14x21

Páginas:

408

1° Edição:

abril de 2017

A MÁQUINA DO TEMPO

A MÁQUINA DO TEMPO

THE TIME MACHINE

H. G. Wells

Tradução de William Lagos

O primeiro livro sobre viagem no tempo

Você acreditaria em alguém que afirma ter viajado no tempo? Se agora as chances são pequenas, imagine para os leitores de 1895, quando H.G. Wells lançou A máquina do tempo, sua estreia no gênero que o consagraria “pai da ficção científica”.

O primeiro romance a abordar o assunto da viagem pela quarta dimensão acompanha as aventuras do Viajante do Tempo para o futuro, mais precisamente oitocentos mil anos adiante. Wells envia seu bravo explorador para uma era na qual a humanidade se resume a duas raças: os pacíficos e etéreos Elóis, e os predadores e subterrâneos Morlocks. O Viajante, que não carrega mais do que uma caixa de fósforos consigo, terá que aprender a se movimentar entre esses dois mundos e decifrar um segredo macabro, correndo o risco de nunca mais conseguir voltar à Londres de sua época.

Inúmeras leituras são possíveis, inclusive interpretações marxistas e darwinistas; o fato é que A máquina do tempo é não só um grande clássico de ficção científica, mas uma aventura impossível de largar.

Preço Consulte

Informações Gerais

Título:

A MÁQUINA DO TEMPO

Título Original:

THE TIME MACHINE

Catálogo:

Coleção L&PM Pocket

Gênero:

Literatura estrangeira
Ficção científica Ficção

Cód.Barras:

9788525434647

ISBN-13:

978-85-254-3464-7

voltar ir para o topo   imprimir página
 

Home    Quem Somos    Notícias    Mapa do Site    Fale Conosco    Podcast L&PM

Rua Comendador Coruja, 314 - Fone: (51) 3225.5777 - Fax: (51) 3221.5380 - Porto Alegre/RS - CEP 90220-180
Rua Funchal, 538, sala 183, 18º andar - Vila Olímpia – Fone (11) 3578.6606 - São Paulo/SP - CEP 04551-060

© 2003-2017 Publibook Livros e Papeis Ltda. - CNPJ 87.932.463/0001-70 - Powered by CIS Manager   Desenvolvido por Construtiva