Coleção L&PM Pocket


UM BRINDE DE CIANURETO

SPARKLING CYANIDE

Agatha Christie

Tradução de Carlos André Moreira

"Agatha Christie contou esta história tão habilmente que o desenlace será um surpresa para nove entre cada dez leitores."
The New York Times

"Um insight psicológico sem igual."
Times Literary Supplement

O luxuoso restaurante Luxembourg é o lugar escolhido para comemorar o aniversário da linda e elegante Rosemary Barton. Entre os seis convidados, encontram-se pessoas próximas, mas que não necessariamente querem o seu bem. Mesmo assim, ninguém poderia prever o desfecho da noite: Rosemary morre subitamente após ingerir uma taça de champanhe com cianureto. Tudo indica que foi suicídio...

Em um inusitado jogo literário, a rainha do suspense dá a cada um dos personagens a chance de contar sua versão daquele dia, levantando suspeitas que podem colocar em xeque a razão da morte de Rosemary.

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    UM BRINDE DE CIANURETO

  • Título Original:
    SPARKLING CYANIDE
  • Catálogo:
    Coleção L&PM Pocket
  • Gênero:
    Romance policial
  • Série:
    Agatha Christie
  • Referência:
    775
  • Cód.Barras:
    9788525418968
  • ISBN:
    978.85.254.1896-8
  • Páginas:
    256
  • Edição:
    maio de 2009

Vida & Obra

Agatha Christie

Agatha Christie é, e sempre será, a Rainha do Crime. Soberana dos romances policiais, vendeu bilhões de livros pelo mundo e foi traduzida para 45 línguas, sendo ultrapassada em vendas somente pela Bíblia e por Shakespeare. Nasceu Agatha Mary Clarissa Miller, em 15 de setembro de 1890, na cidade inglesa de Torquay, mais precisamente na mansão Ashfield. Cresceu ouvindo as histórias de Conan Doyle, Edgar Allan Poe e Leroux, contadas por sua irmã mais velha, Madge. Mas f...

Ler mais

Opinião do Leitor

João Batista
Arceburgo / MG

O que foi isso?
Com um gancho retrógrado de pessoas se lembrando de um suicídio que ocorreu no passado e insistindo em ter os detalhes de volta em sua mente, numa rapidíssima e deliciosa leitura cheguei na Parte 2, nessa, cada segundo valeu muito a pena, por mim o ápice da história se mostrava ocorrer ali. ''Um Brinde de Cianureto'' me trouxe uma série de dúvidas sobre os recônditos da alma humana e uma leve impressão que as aparências pode nos incentivar a acreditar no que os fatos e papéis não veem, talvez não de uma forma tão clara assim, pois o foco da história é outro. A Parte 3 tem um alto decréscimo depois do susto - mesmo que esperado - e vai se evoluindo a cada um de seus curtos capítulos. Por que insistirmos tanto em decifrar o que o nosso ''inimigo'' deseja? Manter a calma e olhar em todos os ''cantos'' e também para o improvável é a 'faixa de chegada'. Que história! Que história! Não esperava nada da forma que ocorreu, fiquei perplexo pois culpei todos os personagens, tentei olhar de todas as formas possíveis, mas em ''Um Brinde de Cianureto'' não houve o mais ou o menos provável, houve Agatha Christie mostrando ser quem é.

20/01/2014

Agatha

Pedro Paulo
Natal/RN

Excelente livro, Agatha revela nesse livro o porque de ser chamada de rainha do crime.

24/06/2010

Você também pode gostar


"Agatha Christie contou esta história tão habilmente que o desenlace será um surpresa para nove entre cada dez leitores."
The New York Times

"Um insight psicológico sem igual."
Times Literary Supplement

O luxuoso restaurante Luxembourg é o lugar escolhido para comemorar o aniversário da linda e elegante Rosemary Barton. Entre os seis convidados, encontram-se pessoas próximas, mas que não necessariamente querem o seu bem. Mesmo assim, ninguém poderia prever o desfecho da noite: Rosemary morre subitamente após ingerir uma taça de champanhe com cianureto. Tudo indica que foi suicídio...

Em um inusitado jogo literário, a rainha do suspense dá a cada um dos personagens a chance de contar sua versão daquele dia, levantando suspeitas que podem colocar em xeque a razão da morte de Rosemary.

" />