Coleção L&PM Pocket


MAIGRET SAI EM VIAGEM (INÉDITO)

MAIGRET VOYAGE

Georges Simenon

Tradução de Alessandro Zir

Fora de catálogo

“Os casos mais complicados são aqueles que têm um ar tão banal no início que não lhes atribuímos nenhuma importância. É um pouco como essas doenças que começam de uma forma silenciosa, por mal-estares vagos. Quando enfim as levamos a sério, costuma ser tarde demais.” Assim começa Maigret sai em viagem, mais um caso do famoso detetive criado por Simenon. Desta vez, o coronel Ward é encontrado afogado em sua banheira em uma luxuosa suíte do Hotel George V. Sua amante, a condessa Paverini, tentara o suicídio na noite anterior. O detetive Maigret faz perguntas sobre o segundo marido da condessa, Joseph Van Meulen, um industrial belga, e investiga o nebuloso passado dela. A terceira esposa do coronel também é uma das suspeita. Seria um crime motivado pela paixão? Ou pela ganância? Como sempre, Maigret sente-se pouco à vontade no mundo da alta sociedade, mas segue empregando seus usuais métodos investigativos.

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    MAIGRET SAI EM VIAGEM (INÉDITO)

  • Título Original:
    MAIGRET VOYAGE
  • Catálogo:
    Coleção L&PM Pocket
  • Gênero:
    Romance policial
  • Série:
    Simenon
  • Referência:
    889
  • Cód.Barras:
    9788525420534
  • ISBN:
    978.85.254.2053-4
  • Páginas:
    176
  • Edição:
    setembro de 2010

Vida & Obra

Georges Simenon

Nas primeira horas da sexta-feira dia 13 de fevereiro de 1903, nasce em Liège, na Bélgica, Georges Joseph Christian Simenon, filho do contador Desiré Simenon e Henriette. Supersticiosos, os pais registram o primogênito como nascido às 23 horas e 30 minutos do dia 12. Em 1906, nasce Christian, único irmão de Georges, que desempenhará um papel crucial nas relações da família: torna-se o preferido de Henriette, que relegará Georges a um segundo plano.

Ler mais

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar


“Os casos mais complicados são aqueles que têm um ar tão banal no início que não lhes atribuímos nenhuma importância. É um pouco como essas doenças que começam de uma forma silenciosa, por mal-estares vagos. Quando enfim as levamos a sério, costuma ser tarde demais.” Assim começa Maigret sai em viagem, mais um caso do famoso detetive criado por Simenon. Desta vez, o coronel Ward é encontrado afogado em sua banheira em uma luxuosa suíte do Hotel George V. Sua amante, a condessa Paverini, tentara o suicídio na noite anterior. O detetive Maigret faz perguntas sobre o segundo marido da condessa, Joseph Van Meulen, um industrial belga, e investiga o nebuloso passado dela. A terceira esposa do coronel também é uma das suspeita. Seria um crime motivado pela paixão? Ou pela ganância? Como sempre, Maigret sente-se pouco à vontade no mundo da alta sociedade, mas segue empregando seus usuais métodos investigativos.

" />