Coleção L&PM Pocket


A REFORMA DA NATUREZA

R$22,90

O mundo de cabeça para baixo

“A Natureza vive experimentando e errando. Dá cem pés à centopeia e nem um para as minhocas, por que tanta injustiça? [...] Veste os besouros com uma casca grossa demais e deixa as minhocas mais nuas do que a careca do Quindó, isso é erro. Quanto mais observo as coisas mais acho tudo torto e errado.”

Dona Benta e Tia Nastácia são chamadas às pressas à Europa para resolver o problema das guerras. Enquanto isso, a arteira boneca Emília fica sozinha no Sítio do Picapau Amarelo e põe em prática um plano secreto: reformar a Natureza, melhoran­do o mundo ao seu redor. Nesta belíssima história publicada pela primeira vez em 1941, Monteiro Lobato dá asas à imagi­nação ao mesmo tempo em que reflete sobre os limites entre fantasia e realidade.

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    A REFORMA DA NATUREZA

  • Catálogo:
    Coleção L&PM Pocket
  • Gênero:
    Literatura infantojuvenil
  • Série:
    Monteiro Lobato
  • Referência:
    1307
  • Cód.Barras:
    9788525438065
  • ISBN:
    978.85.254.3806-5
  • Páginas:
    144
  • Edição:
    janeiro de 2019

Vida & Obra

Monteiro Lobato

Monteiro Lobato nasceu em Taubaté (SP) em 18 de abril de 1882. Além de escritor, foi editor, tradutor e empresário. Seu maior sucesso foi a série de livros infantis que formam "O Sítio do Pica Pau Amarelo". Como editor criou a Editora Monteiro Lobato e, mais tarde, a Companhia Editora Nacional. Situa-se entre os autores do Pré-Modernismo, período que precedeu a Semana de Arte Moderna.

Foi alfabetizado...

Ler mais

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar


O mundo de cabeça para baixo

“A Natureza vive experimentando e errando. Dá cem pés à centopeia e nem um para as minhocas, por que tanta injustiça? [...] Veste os besouros com uma casca grossa demais e deixa as minhocas mais nuas do que a careca do Quindó, isso é erro. Quanto mais observo as coisas mais acho tudo torto e errado.”

Dona Benta e Tia Nastácia são chamadas às pressas à Europa para resolver o problema das guerras. Enquanto isso, a arteira boneca Emília fica sozinha no Sítio do Picapau Amarelo e põe em prática um plano secreto: reformar a Natureza, melhoran­do o mundo ao seu redor. Nesta belíssima história publicada pela primeira vez em 1941, Monteiro Lobato dá asas à imagi­nação ao mesmo tempo em que reflete sobre os limites entre fantasia e realidade.

" />