Coleção L&PM Pocket


DOM QUIXOTE DAS CRIANÇAS

R$23,90

A turma do Sítio do Picapau  Amarelo e o engenhoso fidalgo

“Dom Quixote não é somente o tipo do maníaco, do louco. É o tipo do sonhador, do homem que vê as coisas erradas, ou que não existem. É também o tipo do homem generoso, leal, honesto, que quer o bem da humanidade, que vinga os fracos e inocentes – e acaba sempre levando na cabeça, porque a humanidade [...] não compreende certas generosidades.”

Aqui, Dona Benta conta para a turma do Sítio do Picapau Amarelo a história do engenhoso fidalgo Dom Quixote de la Mancha. De Emília ao Visconde de Sabugosa, todos se encantam com as aventuras desse cavaleiro meio louco, meio sonhador. Publicada pela primeira vez em 1936, esta adaptação é um presente do grande Monteiro Lobato às crianças brasileiras, no qual faz uma homenagem à história clássica criada pelo espanhol Miguel de Cervantes há mais de quatrocentos anos.

 

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    DOM QUIXOTE DAS CRIANÇAS

  • Catálogo:
    Coleção L&PM Pocket
  • Gênero:
    Literatura infantojuvenil
  • Série:
    Monteiro Lobato
  • Referência:
    1311
  • Cód.Barras:
    9788525438072
  • ISBN:
    978.85.254.3807-2
  • Páginas:
    240
  • Edição:
    janeiro de 2019

Vida & Obra

Monteiro Lobato

Monteiro Lobato nasceu em Taubaté (SP) em 18 de abril de 1882. Além de escritor, foi editor, tradutor e empresário. Seu maior sucesso foi a série de livros infantis que formam "O Sítio do Pica Pau Amarelo". Como editor criou a Editora Monteiro Lobato e, mais tarde, a Companhia Editora Nacional. Situa-se entre os autores do Pré-Modernismo, período que precedeu a Semana de Arte Moderna.

Foi alfabetizado...

Ler mais

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar


A turma do Sítio do Picapau  Amarelo e o engenhoso fidalgo

“Dom Quixote não é somente o tipo do maníaco, do louco. É o tipo do sonhador, do homem que vê as coisas erradas, ou que não existem. É também o tipo do homem generoso, leal, honesto, que quer o bem da humanidade, que vinga os fracos e inocentes – e acaba sempre levando na cabeça, porque a humanidade [...] não compreende certas generosidades.”

Aqui, Dona Benta conta para a turma do Sítio do Picapau Amarelo a história do engenhoso fidalgo Dom Quixote de la Mancha. De Emília ao Visconde de Sabugosa, todos se encantam com as aventuras desse cavaleiro meio louco, meio sonhador. Publicada pela primeira vez em 1936, esta adaptação é um presente do grande Monteiro Lobato às crianças brasileiras, no qual faz uma homenagem à história clássica criada pelo espanhol Miguel de Cervantes há mais de quatrocentos anos.

 

" />