Coleção L&PM Pocket


O ANTICRISTO

DER ANTICHRIST. FLUCH AUF DAS CHRISTENTHUM

Friedrich Nietzsche
Tradução, notas e apresentação de Renato Zwick

Escrito em 1888, último ano antes de Friedrich Nietzsche perder a lucidez, este ensaio é uma das mais afiadas análises de que o cristianismo já foi objeto. Dando continuidade ao exame sobre a moral praticado na maioria de seus livros, em O anticristo o autor firma sua posição sobre a doutrina religiosa. Ele mostra como o cristianismo – ao qual chama de maldição – é a vitória dos fracos, doentes e rancorosos sobre os fortes, orgulhosos e saudáveis, persuadindo e induzindo a massa por meio de idéias pré-fabricadas.

A partir da comparação com outras religiões, Nietzsche critica com veemência a mudança de foco que o cristianismo opera, uma vez que o centro da vida passa a ser o além e não o mundo presente. Até mesmo Jesus Cristo e o apóstolo Paulo são questionados, assim como grande parte de todos os dogmas cristãos, em um grande exercício filosófico.

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    O ANTICRISTO

  • Título Original:
    DER ANTICHRIST. FLUCH AUF DAS CHRISTENTHUM
  • Catálogo:
    Coleção L&PM Pocket
  • Gênero:
    Filosofia
    Ensaios
  • Referência:
    721
  • Cód.Barras:
    9788525417916
  • ISBN:
    978.85.254.1791-6
  • Páginas:
    128
  • Edição:
    agosto de 2008

Vida & Obra

Friedrich Nietzsche

Friedrich Wilhelm Nietzsche (1844-1900) nasceu em Röcken, na Saxônia, filho de uma família de pastores protestantes. Seu pai e seus dois avôs eram pastores. Aos dez anos já fazia suas primeiras composições musicais e aos quatorze tornou-se professor numa Escola Rural em Pforta. Nessa época fez seu primeiro exercício autobiográfico, sinalizando a vinda do Ecce homo, trinta anos depois. “Da minha vida” é o título da obra de um autor que, em rala idade, já se sabia de...

Ler mais

Opinião do Leitor

Lucas Santana Guerra
Recife, PE

Esse livro é profético...
Uma revelação do Espírito através desse grande filósofo.
A maioria das pessoas ainda não entenderam a sabedoria contida  neste livro.

29/11/2019

Agatha

Giovanni
BH Minas Gerais

Gênio alemão!!! O evangelho morreu na cruz.

09/04/2015

Você também pode gostar


Escrito em 1888, último ano antes de Friedrich Nietzsche perder a lucidez, este ensaio é uma das mais afiadas análises de que o cristianismo já foi objeto. Dando continuidade ao exame sobre a moral praticado na maioria de seus livros, em O anticristo o autor firma sua posição sobre a doutrina religiosa. Ele mostra como o cristianismo – ao qual chama de maldição – é a vitória dos fracos, doentes e rancorosos sobre os fortes, orgulhosos e saudáveis, persuadindo e induzindo a massa por meio de idéias pré-fabricadas.

A partir da comparação com outras religiões, Nietzsche critica com veemência a mudança de foco que o cristianismo opera, uma vez que o centro da vida passa a ser o além e não o mundo presente. Até mesmo Jesus Cristo e o apóstolo Paulo são questionados, assim como grande parte de todos os dogmas cristãos, em um grande exercício filosófico.

" />