Coleção L&PM Pocket


ESBOÇO PARA UMA TEORIA DAS EMOÇÕES

ESQUISSE D'UNE THÉORIE DES ÉMOTIONS

Jean-Paul Sartre

Tradução de Paulo Neves

R$19,90

"Sartre foi um pouco como a consciência de todos: obstinado, corajoso, intratável, mas sempre pronto a ouvir o outro, a partilhar, a amar."
Gilles Lapouge

Obra da juventude de Sartre, Esboço para uma teoria das emoções foi publicada em 1939, mesmo ano da coletânea de contos O muro, e um ano após a publicação do romance A náusea, que o tornou um escritor célebre. Trata-se de uma primeira abordagem fenomenológica, influenciada pelo pensamento de Heidegger, Husserl, que busca compreender o fenômeno humano dos sentimentos como experiências da subjetividade desvinculadas de teorias. Tal era, por exemplo, a crítica de Sartre à utilização da idéia de inconsciente pela psicologia empírica. Esboço para uma teoria das emoções, uma bela introdução à filosofia sartriana, apresenta as linhas de pensamento que o autor desenvolveria e aprofundaria posteriormente, sobretudo em sua principal obra filosófica, O ser e o nada.

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    ESBOÇO PARA UMA TEORIA DAS EMOÇÕES

  • Título Original:
    ESQUISSE D'UNE THÉORIE DES ÉMOTIONS
  • Catálogo:
    Coleção L&PM Pocket
  • Gênero:
    Filosofia
    Literatura moderna internacional Ensaios
  • Série:
    L&PM Pocket Plus
  • Referência:
    500
  • Cód.Barras:
    9788525415554
  • ISBN:
    978.85.254.1555-4
  • Páginas:
    96
  • Edição:
    agosto de 2006

Vida & Obra

Jean-Paul Sartre

Nasceu em 21 de junho de 1905 em Paris, filho de Jean-Baptiste Sartre, oficial da Marinha, e Anne-Marie Schweitzer, oriunda de uma família de intelectuais alsacianos. Jean-Baptiste morreu de febre amarela quando o filho tinha quinze meses. O avô, Charles Schweitzer, um professor de alemão, introduziu o neto, ainda criança, à literatura clássica. Em 1917, Anne-Marie casou-se novamente, mas Sartre nunca aprendeu a gostar do padrasto. Mudaram-se para La Rochelle, onde Sartre...

Ler mais

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar


Gilles Lapouge

Obra da juventude de Sartre, Esboço para uma teoria das emoções foi publicada em 1939, mesmo ano da coletânea de contos O muro, e um ano após a publicação do romance A náusea, que o tornou um escritor célebre. Trata-se de uma primeira abordagem fenomenológica, influenciada pelo pensamento de Heidegger, Husserl, que busca compreender o fenômeno humano dos sentimentos como experiências da subjetividade desvinculadas de teorias. Tal era, por exemplo, a crítica de Sartre à utilização da idéia de inconsciente pela psicologia empírica. Esboço para uma teoria das emoções, uma bela introdução à filosofia sartriana, apresenta as linhas de pensamento que o autor desenvolveria e aprofundaria posteriormente, sobretudo em sua principal obra filosófica, O ser e o nada.

" />