Coleção L&PM Pocket


OS ANALECTOS

THE ANALECTS

Confúcio
Tradução do chinês, introdução e notas de D. C. Lau
Tradução do inglês de Caroline Chang

Os ensinamentos de Confúcio (551-479 a.C.) – tão lidos na China ao longo do tempo como a Bíblia foi no Ocidente – estão reunidos em Os analectos, trabalho de compilação realizado por seus discípulos. O grande pensador chinês, mais do que uma filosofia, criou uma diferenciada visão de vida, na qual o ponto central é o homem moralmente ideal. Os vinte livros que compõem o Lun yü, comumente conhecido como Os analectos, reúnem um conjunto de elevados valores éticos que conduzem o homem na busca da excelência moral, a partir do cultivo de princípios como benevolência, sabedoria e coragem.
Confúcio teve ainda em a vida a reputação de sábio. Embora fosse de descendência nobre, nasceu em circunstâncias bastante humildes no reino de Lu, na atual província de Shantung. Após um afastamento de dez anos, retornou à cidade natal, onde passou o resto da vida ensinando a um grupo de talentosos e devotados discípulos sobre o conceito central de sua vida, o chün tzu: um homem cujo caráter contém a virtude da benevolência e cujos atos estão de acordo com os ritos e a retidão.
Esta edição se baseia na tradução do chinês para o inglês por D. C. Lau que, juntamente com um grupo de especialistas, reuniu e analisou os ensinamentos de Confúncio. Esse trabalho conjunto resultou em uma versão comentada, que conta ainda com um glossário de nomes de pessoas e lugares citados ao longo do texto e três apêndices: o primeiro, sobre a vida de Confúcio, acompanhado de uma cronologia; o segundo, sobre os discípulos responsáveis pela compilação do texto, e o terceiro, sobre a historiografia de Os analectos.

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    OS ANALECTOS

  • Título Original:
    THE ANALECTS
  • Catálogo:
    Coleção L&PM Pocket
  • Gênero:
    Filosofia
  • Referência:
    533
  • Cód.Barras:
    9788525415639
  • ISBN:
    978.85.254.1563-9
  • Páginas:
    272
  • Edição:
    07/2009

Vida & Obra

Confúcio

(551-479 a.C.) Embora tivesse origens nobres, nasceu em circunstâncias bastante humildes no reino de Lu, na atual Shantung, em uma época em que o domínio imperial estava em declínio. Ele era um grande admirador do duque de Chou e via a si próprio como o depositário da antiga cultura Chou, mais do que um inovador. Pregava uma filosofia moral que tinha o homem como peça central. Para ter responsabilidade moral, ele acreditava, um homem deve pensar por si próprio. Essa crenç...

Ler mais

Opinião do Leitor

Bruno
São Paulo - SP

Aos olhos do leitor atento, Os Analectos são um tesouro inestimável. A obra do sábio Confúcio não é apenas um guia para a melhoria de si próprio, mas também uma enciclopédia sobre a vida humana na terra, abordando de maneira detalhada e sutil as pequenas forças que agem no cotidiano do ser humano, e que podem causar a fortuna ou a ruína de nações inteiras. Um dos poucos livros que o leitor pode adquirir sem medo de ter perdido o investimento, extremamente nutritivo para o espírito e apara a mente.

06/03/2014

Agatha

Fagner
Fortaleza Ce

Ótimo livro para entra  no mundo da Ética e Moral de Confúcio! Um guia de como trata as pessoas no nosso dia-a-dia! O livro possui uma ótima introdução para sabermos onde estamos pisando para que as interpretações não sejam errantes.

29/08/2011

Você também pode gostar