Coleção L&PM Pocket


HISTÓRIA DE UM LOUCO AMOR SEGUIDO DE PASSADO AMOR

HISTORIA DE UN AMOR TURBIO / PASADO AMOR

Horacio Quiroga
Tradução, cronologia e notas de Sergio Faraco

R$22,90

O amor... Seja ele correspondido ou não, inocente ou ardente, escancarado ou na surdina, é sempre... o amor. Nas mãos de um exímio escritor, porém, é muito mais do que isso: é uma provocação para a criação de grande literatura.

O escritor uruguaio Horacio Quiroga tomou o amor como tema principal e criou estas duas grandes novelas. Publicadas com um intervalo de 21 anos, História de um louco amor (1908) e Passado amor (1929) revelam uma faceta diferente do grande contista. Influenciado pela leitura de Dostoiévski, Quiroga mostra personagens atormentados pelo amor, corroídos pelo ciúme, ao mesmo tempo em que explora os claro-escuros da mentalidade burguesa. Nas duas novelas, os protagonistas vivem a dicotomia entre a cidade e o campo, muito presente na literatura de grandes nomes da escrita uruguaia e argentina do período.

Com fortes indícios autobiográficos, estas obras devem ser lidas de um fôlego só, tamanho é o arrebatamento que causam.

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    HISTÓRIA DE UM LOUCO AMOR SEGUIDO DE PASSADO AMOR

  • Título Original:
    HISTORIA DE UN AMOR TURBIO / PASADO AMOR
  • Catálogo:
    Coleção L&PM Pocket
  • Gênero:
    Literatura moderna internacional
  • Referência:
    734
  • Cód.Barras:
    9788525418210
  • ISBN:
    978.85.254.1821-0
  • Páginas:
    168
  • Medidas:
    10,7 X 17,8 cm
  • Edição:
    outubro de 2008

Vida & Obra

Horacio Quiroga

1878 – A 31 de dezembro, em Salto, no Uruguai, nasce Horacio Silvestre Quiroga Forteza, filho de Prudencio Quiroga e Juana Petrona Forteza.

1879/89 – Morre Prudencio Quiroga, vítima de um disparo acidental de sua própria arma (segundo alguns pesquisadores, o tiro não foi casual). Quiroga estuda em Salto, numa escola fundada por maçons.

1890/5 – Freqüenta o Instituto Po...

Ler mais

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar


O amor... Seja ele correspondido ou não, inocente ou ardente, escancarado ou na surdina, é sempre... o amor. Nas mãos de um exímio escritor, porém, é muito mais do que isso: é uma provocação para a criação de grande literatura.

O escritor uruguaio Horacio Quiroga tomou o amor como tema principal e criou estas duas grandes novelas. Publicadas com um intervalo de 21 anos, História de um louco amor (1908) e Passado amor (1929) revelam uma faceta diferente do grande contista. Influenciado pela leitura de Dostoiévski, Quiroga mostra personagens atormentados pelo amor, corroídos pelo ciúme, ao mesmo tempo em que explora os claro-escuros da mentalidade burguesa. Nas duas novelas, os protagonistas vivem a dicotomia entre a cidade e o campo, muito presente na literatura de grandes nomes da escrita uruguaia e argentina do período.

Com fortes indícios autobiográficos, estas obras devem ser lidas de um fôlego só, tamanho é o arrebatamento que causam.

" />