Coleção L&PM E-books


DIÁRIOS DE JACK KEROUAC 1947-1954

Jack Kerouac

Tradução de Edmundo Barreiros

A alma e os sentimentos por trás de On the Road

“Os diários de Kerouac me fazem lembrar de uma época, nem tão distante assim, quando ainda havia algumas pessoas apaixonadamente sensíveis à escrita e ao ato de escrever. Hoje elas estão extintas.” Kurt Vonnegut

“Estes Diários são um must para qualquer um que se interesse por Kerouac e pelos beats. Mais do que isso: destina-se a todos nós que temos curiosidade sobre uma época em que a inocência ainda era uma possibilidade. Ler os pensamentos, as esperanças e os sonhos de Kerouac nos leva de volta às coisas importantes da vida: viver, amar, respirar, pensar, ter esperança, se importar, sonhar, rir e ir em frente, sempre.” Johnny Depp

Em Diários de Jack Kerouac: 1947-1954, o historiador DouglasBrinkley reúne uma seleção de anotações dos diários que abrange o período mais crucial da intrépida vida do escritor. Um verdadeiro retrato do artista quando jovem, estas páginas mostram uma alma sensível mapeando seu próprio progresso criativo, ao mesmo tempo que conhece figuras decisivas como Allen Ginsberg, William Burroughs e Neal Cassady e prepara sua obra máxima, On the Road. Estas confissões revelam um artista único em busca de sua própria voz.

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    DIÁRIOS DE JACK KEROUAC 1947-1954

  • Catálogo:
    Coleção L&PM E-books
  • Gênero:
    Diários
    Documento
  • eISBN:
    978.85.254.2902-5

Vida & Obra

Jack Kerouac

Jack Kerouac nasceu em Lowell, Massachusetts, em 12 de março de 1922; era o mais novo de três filhos de uma família de origem franco-canadense. Começou a aprender inglês apenas aos seis anos de idade, estudou em escolas católicas e públicas locais e, como jogava futebol americano muito bem, ganhou uma bolsa para a Universidade de Columbia, em Nova York. Nesta cidade conheceu Neal Cassady, Allen Ginsberg e William S. Burroughs. Largou a faculdade no segundo ano, depois ...

Ler mais

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar


A alma e os sentimentos por trás de On the Road

“Os diários de Kerouac me fazem lembrar de uma época, nem tão distante assim, quando ainda havia algumas pessoas apaixonadamente sensíveis à escrita e ao ato de escrever. Hoje elas estão extintas.” Kurt Vonnegut

“Estes Diários são um must para qualquer um que se interesse por Kerouac e pelos beats. Mais do que isso: destina-se a todos nós que temos curiosidade sobre uma época em que a inocência ainda era uma possibilidade. Ler os pensamentos, as esperanças e os sonhos de Kerouac nos leva de volta às coisas importantes da vida: viver, amar, respirar, pensar, ter esperança, se importar, sonhar, rir e ir em frente, sempre.” Johnny Depp

Em Diários de Jack Kerouac: 1947-1954, o historiador DouglasBrinkley reúne uma seleção de anotações dos diários que abrange o período mais crucial da intrépida vida do escritor. Um verdadeiro retrato do artista quando jovem, estas páginas mostram uma alma sensível mapeando seu próprio progresso criativo, ao mesmo tempo que conhece figuras decisivas como Allen Ginsberg, William Burroughs e Neal Cassady e prepara sua obra máxima, On the Road. Estas confissões revelam um artista único em busca de sua própria voz.

" />