Coleção L&PM E-books


REVOLUÇÃO FRANCESA, VOLUME II: ÀS ARMAS, CIDADÃOS! (1793-1799)

Max Gallo

Tradução de Julia da Rosa Simões

Da execução do rei à ascensão de Napoleão 

"Uma análise tão brilhante quanto apaixonante. Max Gallo, simplesmente”
La Provence

“Os dois volumes de Revolução Francesa se leem de uma sentada só, como um romance policial”
L’Express

Neste segundo volume, Max Gallo conta de forma trepidante os acontecimentos que levaram ao período do Terror, até a queda e a execução dos grandes líderes revolucionários, como Marat, Danton e Robespierre. O autor aborda também o período de conciliação pós-Terror, a grave crise institucional e a corrupção generalizada do governo, que acabaram alçando ao poder – com promessas de retorno à ordem – o jovem e brilhante general Napoleão Bonaparte.

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    REVOLUÇÃO FRANCESA, VOLUME II: ÀS ARMAS, CIDADÃOS! (1793-1799)

  • Catálogo:
    Coleção L&PM E-books
  • Gênero:
    História
  • eISBN:
    978.85.254.3595-8
  • Edição:
    outubro de 2012

Vida & Obra

Max Gallo

Max Gallo nasceu em 1932, em Nice, na França. Formou-se em história e durante anos lecionou em liceus e na Universidade de Vincennes além de no Instituto de Estudos Políticos de Paris. Atuou na política de 1980 a 1994, tendo sido eleito deputado do departamento dos Alpes Marítimos e do parlamento europeu, além de secretário de Estado e porta-voz do governo francês. Foi editorialista da revista semanal L’Express e diretor de redação do jornal Le Matin de Paris. Publ...

Ler mais

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar


"Uma análise tão brilhante quanto apaixonante. Max Gallo, simplesmente”
La Provence

“Os dois volumes de Revolução Francesa se leem de uma sentada só, como um romance policial”
L’Express

Neste segundo volume, Max Gallo conta de forma trepidante os acontecimentos que levaram ao período do Terror, até a queda e a execução dos grandes líderes revolucionários, como Marat, Danton e Robespierre. O autor aborda também o período de conciliação pós-Terror, a grave crise institucional e a corrupção generalizada do governo, que acabaram alçando ao poder – com promessas de retorno à ordem – o jovem e brilhante general Napoleão Bonaparte.

" />