Outros Formatos


O PARAÍSO DESTRUÍDO: BREVÍSSIMA RELAÇÃO DA DESTRUIÇÃO DAS ÍNDIAS - Bartolomé de las Casas

O PARAÍSO DESTRUÍDO: BREVÍSSIMA RELAÇÃO DA DESTRUIÇÃO DAS ÍNDIAS

BREVÍSIMA RELACIÓN DE LA DESTRUCCIÓN DE LAS INDIAS OCCIDENTALES

Bartolomé de las Casas

Tradução de Heraldo Barbuy

R$39,90

Prefácios e notas de Eduardo Bueno

 

Os espanhóis entravam nas vilas, burgos e aldeias não poupando nem crianças e velhos, nem mulheres grávidas e parturientes, e lhes abriam o ventre e faziam em pedaços [...] sempre matando, incendiando, queimando, torrando índios e lançando-os aos cães [...] e assassinaram tantas nações que muitos idiomas chegaram a desaparecer por não haver ficado quem os falasse [...] e no entanto [os espanhóis] ali teriam podido viver como num paraíso terrestre, se disso não tivessem sido indignos...

(Trecho do livro)

 

Publicado há quase meio milênio, este é um dos textos mais alarmantes jamais escritos. O frei espanhol Bartolomé de Las Casas (1474-1566) chegou à ilha Espanhola (hoje República Dominicana), nos primeiros ano do século XVI, para representar a Igreja e converter os gentios do Novo Mundo. Inconformado com seus compatriotas – que discursavam sobre a alma dos indígenas, mas na verdade se interessavam apenas por espoliá-los –, decidiu dedicar sua vida à defesa dos povos originários.

O presente volume traz o relato de quem presenciou e combateu iniquidades inúmeras na América Central e no Caribe na primeira fase da ocupação espanhola. Eis a pungente descrição do, possivelmente, maior genocídio perpetrado na história. Uma obra comovente, atual e seminal, que determinou a percepção sobre um dos períodos mais sanguinolentos da humanidade.  

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    O PARAÍSO DESTRUÍDO: BREVÍSSIMA RELAÇÃO DA DESTRUIÇÃO DAS ÍNDIAS

  • Título Original:
    BREVÍSIMA RELACIÓN DE LA DESTRUCCIÓN DE LAS INDIAS OCCIDENTALES
  • Catálogo:
    Outros Formatos
  • Gênero:
    História
  • Cód.Barras:
    9786556661919
  • ISBN:
    978.65.566.6191-9
  • Páginas:
    160
  • Edição:
    setembro de 2021

Vida & Obra

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar


Prefácios e notas de Eduardo Bueno

 

Os espanhóis entravam nas vilas, burgos e aldeias não poupando nem crianças e velhos, nem mulheres grávidas e parturientes, e lhes abriam o ventre e faziam em pedaços [...] sempre matando, incendiando, queimando, torrando índios e lançando-os aos cães [...] e assassinaram tantas nações que muitos idiomas chegaram a desaparecer por não haver ficado quem os falasse [...] e no entanto [os espanhóis] ali teriam podido viver como num paraíso terrestre, se disso não tivessem sido indignos...

(Trecho do livro)

 

Publicado há quase meio milênio, este é um dos textos mais alarmantes jamais escritos. O frei espanhol Bartolomé de Las Casas (1474-1566) chegou à ilha Espanhola (hoje República Dominicana), nos primeiros ano do século XVI, para representar a Igreja e converter os gentios do Novo Mundo. Inconformado com seus compatriotas – que discursavam sobre a alma dos indígenas, mas na verdade se interessavam apenas por espoliá-los –, decidiu dedicar sua vida à defesa dos povos originários.

O presente volume traz o relato de quem presenciou e combateu iniquidades inúmeras na América Central e no Caribe na primeira fase da ocupação espanhola. Eis a pungente descrição do, possivelmente, maior genocídio perpetrado na história. Uma obra comovente, atual e seminal, que determinou a percepção sobre um dos períodos mais sanguinolentos da humanidade.  

" />