Coleção L&PM Pocket


A FLECHA DE OURO

THE ARROW OF GOLD

Joseph Conrad

Tradução de Marques Rebello

R$29,90

Ao desembarcar em Marselha em 1876, Joseph Conrad tinha apenas 19 anos, mas já era um marinheiro experimentado. Retornava de sua segunda viagem às Antilhas e, em parte, realizara o sonho de sua infância em Cracóvia: singrar mares longínquos e conhecer países exóticos. Num bar da sombria zona portuária da cidade, manteve os primeiros contatos com um grupo de legitimistas – o braço armado que lutava em nome de Don Carlos Bourbon, pretendente ao trono espanhol. Suas experiências em alto-mar o credenciavam como um bom candidato a uma missão perigosa: garantir por via marítima o abastecimento de armas para os grupos legitimistas encurralados nas montanhas espanholas.

Conrad não tinha nenhuma ligação ideológica com o grupo monarquista e ultraconservador. Mas aceitou a missão quase que de imediato. Por que, o leitor descobrirá logo nas primeiras páginas de A flecha de ouro. No contato com os dirigentes do movimento, o jovem marinheiro apaixona-se por Doña Rita – o personagem mais enigmático e misterioso deste grande romance. Apenas em 1919, quarenta anos depois do episódio, Conrad sentiu-se capaz de descrever sua grande aventura. Um livro vibrante do grande autor de O coração das trevas, Tufão e Lord Jim.

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    A FLECHA DE OURO

  • Título Original:
    THE ARROW OF GOLD
  • Catálogo:
    Coleção L&PM Pocket
  • Gênero:
    Aventura
  • Referência:
    243
  • Cód.Barras:
    9788525410733
  • ISBN:
    978.85.254.1073-3
  • Páginas:
    304
  • Edição:
    novembro de 2001

Vida & Obra

Joseph Conrad

Nasceu Józef Teodor Konrad Nalecz Korzeniowski, filho de pais poloneses, na cidade de Berdichev, na Ucrânia dominada pela Rússia czarista. Seus pais eram nacionalistas poloneses e, por causa de suas atividades políticas anti-russos, foram exilados para a remota província de Vologda, ao norte. Joseph, então com quatro anos, os acompanhou. Aos onze anos de idade, ficou órfão de pai e mãe. Seu tio materno Thaddeus Bobrowski tomou conta do sobrinho e foi seu mentor e res­ponsáv...

Ler mais

Opinião do Leitor

Ale / Curitba-PR

É um livro bom! Uso e recomendo à todos!

03/03/2009 09:45:36

Você também pode gostar