Coleção L&PM Pocket


O COLOSSO DE MARÚSSIA

COLOSSUS OF MARUSSI

Henry Miller

Tradução de Cora Rónai

Poucos escritores do século XX atingiram a glória internacional como Henry Miller. E poucos escritores modernos foram tão perseguidos e censurados como ele. Sua obra-prima, Trópico de Câncer, um delirante relato de sua estada parisiense, escrito em 1934, só foi liberado para a publicação em seu país, os Estados Unidos, trinta anos depois da edição francesa, em 1964. Nascido no Brooklyn, em Nova York, em 1891, foi um homem que cultivou a controvérsia como o combustível de uma vida longa e intensa. Atraiu dezenas de adjetivos, como pornógrafo, gênio, maldito, lírico, egoísta, megalomaníaco, mas o conjunto de sua obra – universal e libertária – coloca-o entre os grandes autores do século que mudaram a cara da arte.

Em O Colosso de Marússia (na brilhante tradução de Cora Rónai), Henry Miller recupera – à sua maneira – o velho e bom gênero dos "livros de viagem". Ele narra sua estada na Grécia no início da Segunda Guerra e o seu deslumbramento ao conhecer o poeta Katsimbalis, poderosa personalidade que Miller ouve e analisa para o leitor, levando este último em uma viagem vertiginosa por uma Grécia iluminada e enigmática. O Colosso de Marússia é sobretudo um belo livro cheio de mistério e fascínio. Uma obra à altura dos grandes best-sellers do autor, como Trópico de Câncer (1934), Trópico de Capricórnio (1939), Sexus (1949), Plexus (1952) e Nexus (1959).

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    O COLOSSO DE MARÚSSIA

  • Título Original:
    COLOSSUS OF MARUSSI
  • Catálogo:
    Coleção L&PM Pocket
  • Gênero:
    Memórias
    Literatura moderna internacional
  • Referência:
    319
  • Cód.Barras:
    9788525412539
  • ISBN:
    978.85.254.1253-9
  • Páginas:
    252

Vida & Obra

Henry Miller

Henry Miller (26 de dezembro de 1891, Nova York – 7 de junho de 1980, Califórnia) foi um controverso escritor norte-americano. Profeta da sensualidade, pornógrafo, gênio, maldito, lírico, egoísta, uma vida carregada de polêmica e adjetivos; um homem que cultivou a controvérsia como o combustível de uma vida longa e intensa.

Miller já tinha 69 anos quando sua primeira grande obra-prima, Trópico de Câncer, foi publicada legalmente nos Estados ...

Ler mais

Opinião do Leitor

Artur Zavalla
São Paulo/SP

O primeiro que eu li desse autor. Um relato de viagem à Grécia na companhia de Miller é mais do que se fôssemos e vissemos com nossos próprios olhos, um passeio no tempo e na historia. É pena que esse autor esteja tão esquecido. A Trilogia Nexus Plexus Sexus, também publicada por essa editora no passado poderia ser reeditada.  

03/05/2014

Agatha

Marcelo Vitiello
Macaé-RJ

Simplesmente brilhante!!
A Grécia de Henry Miller  é uma Grécia que todos deveriam conhecer.
Uma Grécia que ilumina a alma e da esperança à humanidade!

03/06/2011 09:22:29

Você também pode gostar


O Colosso de Marússia é sobretudo um belo livro cheio de mistério e fascínio. Uma obra à altura dos grandes best-sellers do autor, como Trópico de Câncer (1934), Trópico de Capricórnio (1939), Sexus (1949), Plexus (1952) e Nexus (1959)." />