Coleção L&PM Pocket


ÉDIPO EM COLONO

Sófocles

Tradução de Donaldo Schüler

R$22,90

O que acontece com Édipo, depois que este fura seus olhos e sai, cego, de Tebas, ao descobrir que matara o pai e deitara-se com sua mãe? É o que mostra Sófocles na tragédia Édipo em Colono, que a L&PM Editores lança agora, em tradução inédita direta do grego realizada por Donaldo Schüler.

Encenada pela primeira vez em 401 a. C., após a morte de Sófocles, Édipo em Colono coloca em cena o desgraçado Édipo e sua filha (e irmã por parte de mãe) Antígona – exemplo de coerência e devoção – vagando por terras estranhas, à mercê da solidariedade alheia. Édipo, outrora amado rei de Tebas, enfraquecido, à beira da morte, remói as amarguras pelas quais passou, reflete sobre a os mistérios da vida e a natureza humana, alargando, para o leitor, a compreensão do trágico. Os deuses cuja influência se fazem ouvir na peça garantem a acolhida de Édipo por parte de Teseu, que quer resguardar seu país de desgraças. Creonte manda buscar o ex-monarca, na tentativa de proteger Tebas, e desenha-se a guerra fratricida entre Etéocles e Polinice, filhos (e irmãos) de Édipo, que o haviam expulsado de sua terra e que, agora, querem seu apoio para a sucessão. Os acontecimentos de Édipo em Colono são, igualmente, anteriores aos da tragédia Antígona, também de Sófocles.

O formato versificado e rimado, porém de fácil leitura, desta nova tradução de Donaldo Schüler mantém a musicalidade característica do teatro antigo. A edição é enriquecida por uma introdução ensaística do tradutor e notas explicativas de pé de página.

Prêmio Açorianos de Literatura 2004, categoria Tradução de Língua Grega

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    ÉDIPO EM COLONO

  • Catálogo:
    Coleção L&PM Pocket
  • Gênero:
    Teatro
    Literatura clássica internacional
  • Série:
    Gregos
  • Referência:
    315
  • Cód.Barras:
    9788525412485
  • ISBN:
    978.85.254.1248-5
  • Páginas:
    144

Vida & Obra

Sófocles

Nasceu por volta de 496 a.C., em Colono, cidadezinha dos arredores de Atenas, e ali morreu por volta do ano 406 a.C., aos 90 anos de idade. Venceu em 469 a.C. um concurso anual de dramaturgia com uma tetralogia composta de três tragédias e um drama satírico, derrotando o veterano Ésquilo. As apresentações foram consagradoras, e Sófocles se tornou o dramaturgo grego mais festejado e homenageado em vida, além de cidadão ilustre. Ao longo de sua vida, o poeta presenciou a expa...

Ler mais

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar