Coleção L&PM Pocket


AS ERUDITAS

LES FEMMES SAVANTES

Molière

Tradução de Millôr Fernandes

R$19,90

Henriqueta e Armanda são as duas filhas de Filomena e Crisaldo, um nobre da alta sociedade parisiense. Filomena deslumbrara-se com o mundo das letras e da filosofia a ponto de querer casar Henriqueta com Tremembó, um oportunista que visa conseguir, através de seus versos, a mão e o dote de uma das moças. Mas Henriqueta – ao contrário de sua irmã – não se sensibiliza com floreios e vã metafísica, preferindo como noivo Cristóvão, um jovem desprezado por Armanda devido à sua simplicidade intelectual. Com esta trama, Molière – o maior comediante do teatro moderno – esmiúça a hipocrisia, a crueldade e outras fraquezas humanas.

Mais de três séculos após sua primeira apresentação, ocorrida em 1762, As eruditas continua ágil e pertinente. Os personagens – o marido intimidado pela mulher, a socialite deslumbrada com uma pretensa vida cultural, um oportunista que semeia sua oca erudição para uma platéia fácil, entre outros – nada perderam de vitalidade, e os seus diálogos permanecem tão mordazes quanto engraçados. Também nesta obra, Molière conseguiu levar a reflexão de temas universais a graus até então só atingidos por peças trágicas – mostrando que o humor é parte, e não adversário, da inteligência.

Esta tradução e adaptação de Millôr Fernandes preserva os versos rimados do texto em francês, bem como a ironia, a coloquialidade e a comicidade originais, e faz justiça ao gênio de Molière.

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    AS ERUDITAS

  • Título Original:
    LES FEMMES SAVANTES
  • Catálogo:
    Coleção L&PM Pocket
  • Gênero:
    Teatro
    Literatura clássica internacional
  • Referência:
    320
  • Cód.Barras:
    9788525412843
  • ISBN:
    978.85.254.1284-3
  • Páginas:
    152
  • Edição:
    março de 2001

Vida & Obra

Molière

Jean-Baptiste Poquelin nasceu em Paris, em 1622. Filho de um vendedor de tapetes, perdeu a mãe muito cedo, aos dez anos. Recebeu uma sólida educação jesuítica e estudou para se tornar advogado. Travou conhecimento com Tiberio Fiorelli, conhecido como Scaramouche, um famoso comediante francês da época, e com a atriz Madeleine Béjart, o que o levou a renunciar à carreira jurídica e se dedicar ao teatro. Com Madeleine e outra dezena de comediantes, fundou a companhia L’Illus...

Ler mais

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar