Coleção L&PM E-books


SONETOS

THE SONNETS

William Shakespeare

Tradução de Jorge Wanderley

A grande obra lírica do bardo

EDIÇÃO BILÍNGUE

Tradução, apresentação e comentários de Jorge Wanderley

 

No amor, parecer firme é coisa justa,

No amor a idade não se conta os anos.

E assim, mente um ao outro, e está perfeito,

Que as mentiras nos douram os defeitos.

(Trecho do soneto 138)

O leitor tem em mãos uma das raríssimas traduções completas para o português brasileiro dos 154 sonetos escritos por William Shakespeare (1564-1616) e publicados em 1609. Embora redigidos em sua maioria de forma circunstancial e mundana, para o agrado de seu mecenas, o conde de Southampton, os sonetos são imbuídos de um caráter universal e atemporal. Os temas tratados vão do amor, da beleza, do afeto, de inquietações políticas e da mortalidade à luxúria, infidelidade, ao ciúme, ao homoerotismo e à amargura. As últimas 28 composições são dirigidas a uma mulher, à misteriosa Dama Negra, cuja identidade permaneceu controversa durante muito tempo.

Comentários do tradutor dão conta das alusões veladas e do contexto em que foram escritos os versos, possibilitando ao leitor a máxima fruição desta coletânea, que é considerada um dos ápices da lírica de língua inglesa.

 

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    SONETOS

  • Título Original:
    THE SONNETS
  • Catálogo:
    Coleção L&PM E-books
  • Gênero:
    Poesia
    Literatura estrangeira Pensamentos
  • Série:
    Shakespeare
  • eISBN:
    978-65-5666-075-2
  • Edição:
    março de 2019

Vida & Obra

William Shakespeare

Nasceu em Stratford-upon-Avon, Inglaterra, em 23 de abril de 1565, filho de John Shakespeare e Mary Arden. John Shakespeare era um rico comerciante, além de ter ocupado vários cargos da administração da cidade. Mary Arden era oriunda de uma família cultivada. Pouco se sabe da infância e da juventude de Shakespeare, mas imagina-se que tenha freqüentado a escola primária King Edward VI, onde teria aprendido latim e literatura. Em dezembro de 1582, Shakespeare casou-se com Ann...

Ler mais

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar


A grande obra lírica do bardo

EDIÇÃO BILÍNGUE

Tradução, apresentação e comentários de Jorge Wanderley

 

No amor, parecer firme é coisa justa,

No amor a idade não se conta os anos.

E assim, mente um ao outro, e está perfeito,

Que as mentiras nos douram os defeitos.

(Trecho do soneto 138)

O leitor tem em mãos uma das raríssimas traduções completas para o português brasileiro dos 154 sonetos escritos por William Shakespeare (1564-1616) e publicados em 1609. Embora redigidos em sua maioria de forma circunstancial e mundana, para o agrado de seu mecenas, o conde de Southampton, os sonetos são imbuídos de um caráter universal e atemporal. Os temas tratados vão do amor, da beleza, do afeto, de inquietações políticas e da mortalidade à luxúria, infidelidade, ao ciúme, ao homoerotismo e à amargura. As últimas 28 composições são dirigidas a uma mulher, à misteriosa Dama Negra, cuja identidade permaneceu controversa durante muito tempo.

Comentários do tradutor dão conta das alusões veladas e do contexto em que foram escritos os versos, possibilitando ao leitor a máxima fruição desta coletânea, que é considerada um dos ápices da lírica de língua inglesa.

 

" />