Outros Formatos


CASA DE AFRODITE, A - Sérgio Capparelli

CASA DE AFRODITE, A

Certos romances contemporâneos insistem em não contar uma história, ou em contar a sua própria história, como se a literatura fosse o último refúgio dela mesma, num mundo que não pode mais ser representado, porque perdeu a sua substância. Não é o caso desta aventura de Sérgio Capparelli pela selva das palavras. Aqui todas elas são conhecidas, nenhuma investe como fera sobre o leitor distraído. E fazem questão de deixar transparecer um certo tipo de mundo, que o leitor igualmente não desconhece: é esse nosso mundo, lugar onde as pessoas cometem atos injustos, estabelecem laços pecaminosos, espalham escândalos e maledicências, mas também são capazes de gestos de humanidade e coragem moral, de atitudes pautadas antes pelo coração e pela fantasia do que pela máquina de calcular.

Capparelli se isola do romance autofágico para reinstalar, nas prateleiras, o texto comunicativo, de linguagem direta e despachada nos momentos de ação, mas impregnada de lirismo nos momentos de introspeção. Reabre um outro jogo já meio esquecido na ficção brasileira: o do entendimento instantâneo entre obra e público, unidos pelo fio perdido de uma história que empolga pelo que narra e não apenas pelo modo como narra. É assim que a reportagem investigativa de um jornalista já malvisto na redação por suas inconveniências políticas, pontuada pelas culpas de infância desse repórter, relembradas ante a cidadezinha serrana onde nasceu e para onde é forçado a voltar, ocupam de assalto a atenção do leitor, curioso por saber o que é a Casa de Afrodite e que relação ela teria com a suspeita da imprensa de que Mussolini não morreu e foi visto na serra gaúcha.

Obra de um perito em comunicação, este romance convoca um mundo nada comum, em que a última Grande Guerra, a imprensa, os políticos, as cortesãs, os costumes da cidade e da serra se misturam com tamanha naturalidade que o leitor pode nem perceber o que nele há de arte maior - a perfeita e tocante evocação dos traumas e pesadelos da infância, trançados com habilidade de tapeceiro persa à vida adulta do herói. É puxar esse fio e toda a destreza do tramado se revela. É também seguindo-o que se chega à Casa de Afrodite e seu segredo.

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    CASA DE AFRODITE, A

  • Catálogo:
    Outros Formatos
  • Gênero:
    Romance
    Literatura moderna brasileira
  • Cód.Barras:
    9788525404237
  • Páginas:
    136

Vida & Obra

Sérgio Capparelli

Sérgio Capparelli nasceu em Uberlândia (MG), em 1947. Foi professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul até se aposentar. Já morou em cidades como Goiânia, Curitiba, Porto Alegre, Paris, Munique, Grenoble, Londres, Montreal e Beijing, onde trabalhou numa agência de notícias de 2004 a 2007.

É autor de cerca de trinta livros, a maior parte pela L&PM, entre os quais Os meninos da Rua da Praia (1978), Vovô fugiu de casa (1981), Boi da ...

Ler mais

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar