Coleção L&PM Pocket


BARTLEBY, O ESCRITURÁRIO - Herman Melville

BARTLEBY, O ESCRITURÁRIO

Herman Melville

Tradução de Cássia Zanon

Herman Melville (1819-1891) celebrizou-se por seu romance Moby Dick, de 1851, e por suas histórias de aventuras, como Taipi, paraíso de canibais (Coleção L&PM Pocket). Mas a narrativa de Bartleby, o escriturário: uma história de Wall Street é que resume a filosofia por trás de toda obra do autor, considerado por muitos precursor do existencialismo do século XX.

Bartleby é um escriturário que faz cópias de documentos burocráticos. Dia após dia entra no escritório, não conversa com ninguém, esconde-se no seu canto, imperturbável, e recusa-se a fazer tarefas com um invariável e desconcertante "Prefiro não fazer". A história é contada pelo chefe do escritório, que esforça-se para perscrutar a misteriosa e impenetrável personalidade do estranho funcionário. Com um estilo narrativo que não dá ao leitor chance alguma de abandonar a história, Melville faz reflexões acerca da natureza humana e propõe um homem transcendentalmente moral.

Esta nova tradução de Bartleby, o escriturário: uma história de Wall-Street, preserva o estilo humorado e por vezes sombrio de Melville. Por trás desta história aparentemente simples – a de uma personalidade estranha que resiste à análise psicológica – revela-se um tanto da filosofia que costura toda a obra do autor: o personagem principal – o narrador – esforça-se virtuosamente para cumprir com o seu quinhão na organização moral do mundo. Considerada hoje uma das melhores narrativas da prosa melvilliana, a obra está igualmente imbuída daquele sentimento que é a marca registrada do escritor: a noção da importância daqueles momentos na vida quando, contrariando uma orientação consciente, algo da nossa natureza de seres humanos misteriosamente toma o comando, conduzindo-nos de modo aparentemente contrário a nossa vontade e, igualmente, a noção de que são esses os momentos em que a nossa história moral é determinada.

Eleito por Jorge Luis Borges como uma das obras literárias mais importantes da humanidade, Bartleby, o escriturário é uma bela amostra do legado de Melville, um dos mais importantes nomes da literatura mundial, chamado pelo escritor francês Albert Camus de "O Homero do oceano Pacífico".

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    BARTLEBY, O ESCRITURÁRIO

  • Catálogo:
    Coleção L&PM Pocket
  • Gênero:
    Romance
    Literatura clássica internacional
  • Referência:
    337
  • Cód.Barras:
    9788525413017
  • Páginas:
    96

Vida & Obra

Herman Melville

Nasceu em Nova York, no dia 1º de agosto de 1819, em uma família de origens inglesa e holandesa. Durante sua infância, a situação social da família era confortável. Mas seu pai, um senhor refinado, teve sérios problemas financeiros que o levaram à falência no ano de 1830. Ele morreu logo em seguida, deixando a mulher e os oito filhos numa situação instável, fazendo com que a educação de Herman cessasse por volta dos seus quinze anos de idade. Ele começou a trabalhar para auxiliar no s...

Ler mais

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar