Coleção L&PM Pocket


A CIDADE E AS SERRAS

R$29,90

Leitura obrigatória para o vestibular USP e FCL/2016

Este livro, publicado um ano após a morte de Eça de Queiroz, mostra um escritor menos cáustico e nem tão ácido em relação a sociedade burguesa do seu tempo. Mas se é menos agressivo e contundente, segue sendo divertido, irônico, abordando um tema original e manejando a sátira com elegância, palavra que alcança com precisão toda a prosa de Eça de Queiroz.

A cidade e as serras é basicamente uma sátira ao culto da tecnologia. Revela um personagem que tornou-se célebre em sua obra, Jacinto de Tormes, o dândi espirituoso, português residente em Paris, homem inteiramente em dia com todos os avanços tecnológicos. Do outro lado, Zé Fernandes, um crítico das grandes cidades, do progresso, e denunciador de seus malefícios. Eça de Queiroz foi um dos maiores escritores de língua portuguesa em todos os tempos. Seu estilo elegante, sarcástico e irônico causou controvérsias e ataques na sua época. Entre outros romances, escreveu O crime do Padre Amaro (1875), O primo Basílio (1878), Os Maias (1888), A ilustre casa de Ramires (1900), A correspondência de Fradique Mendes (1900).

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    A CIDADE E AS SERRAS

  • Catálogo:
    Coleção L&PM Pocket
  • Gênero:
    Romance
    Literatura clássica portuguesa
  • Referência:
    147
  • Cód.Barras:
    9788525409676
  • ISBN:
    978.85.254.0967-6
  • Páginas:
    224
  • Edição:
    dezembro de 1998

Vida & Obra

Eça de Queiroz

 Eça de Queiroz nasceu em 25 de novembro de 1845 em Póvoa de Varzim, Portugal. Formado pela Universidade de Coimbra em 1866, dois anos depois se estabeleceu como advogado em Lisboa. Em 1869, em companhia do conde de Resende, vai para a Palestina e depois para o Egito, a fim de fazer a reportagem da inauguração do Canal de Suez. Dessa viagem surge a inspiração para A Relíquia e O Egito. Em 1870, é aprovado em concurso para a carreira diplomática e em 1872 é nomeado cônsul em ...

Ler mais

Opinião do Leitor

Antônio Tibério
Maranguape, Ceará

um dos grandes livros da literatura mundial
é um daqueles livros que revelam que o tédio e a vida moderna são coisas venenosas

08/04/2019

Você também pode gostar