Coleção L&PM Pocket


AMOR DE PERDIÇÃO

R$22,90

Camilo Ferreira Botelho Castelo Branco (1825-1890) foi o maior nome da literatura ultra-romântica portuguesa. Entre as suas 137 obras conhecidas, Amor de perdição é considerada sua obra-prima e um dos romances mais populares da língua portuguesa. Boêmio emérito, sua vida desregrada foi dominada por paixões avassaladoras que acabaram por levá-lo ao cárcere por ter assumido uma relação com uma mulher casada. Um ano e meio depois saiu da prisão doente e, em pouco tempo, estava cego. Quase três décadas mais tarde, desesperado pela doença e pelos revezes da vida, construiu um fim digno de sua personalidade ultra-romântica: suicidou-se com um tiro no ouvido.

Amor de perdição tem traços shakespearianos: as nobres famílias Botelho e Albuquerque vêem o ódio mútuo ameaçado pelo amor entre Simão Botelho e Teresa Albuquerque. Simão – o herói romântico, cujos erros passados são redimidos pelo amor –, Teresa – a heroína firme e resoluta em seu sentimento de devoção ao amado – e Mariana -, a mais romântica das personagens, tendo em vista a abnegação, representam a dimensão amorosa, o sentimento da paixão, ao qual se opõe o mundo exterior, a sociedade com sua hipocrisia.

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    AMOR DE PERDIÇÃO

  • Catálogo:
    Coleção L&PM Pocket
  • Gênero:
    Romance
    Literatura clássica portuguesa
  • Referência:
    94
  • Cód.Barras:
    9788525408501
  • ISBN:
    978.85.254.0850-1
  • Páginas:
    176
  • Edição:
    abril de 1998

Vida & Obra

Camilo Castelo Branco

Camilo Castelo Branco nasceu em Lisboa, em 16 de Março de 1825. Na infância, foi educado por padres, e, na adolescência, leu diversos livros esclesiásticos e clássicos portugueses e latinos. Seu primeiro livro, Anátema, foi publicado em 1851. É considerado um dos maiores escritores do Romantismo português. Castelo Branco suicidou-se em sua casa em S. Miguel de Ceide, em 1º de junho de1890.

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar