Coleção L&PM E-books


NO QUE ACREDITO - Bertrand Russell

NO QUE ACREDITO

Bertrand Russell

Tradução de André de Godoy Vieira

"Russell escreveu a melhor prosa em língua inglesa de qualquer filósofo do século XX."
The Times

Nada é sagrado. Sexo, moral, política, sociedade – todo assunto é páreo para o gênio ácido e a mente lúcida de Bertrand Russell (1872-1970), o filósofo mais expressivo e engajado do século XX, ao lado de Sartre. Em No que acredito, publicado em 1925, ele reflete sobre o papel e a influência da religião na vida das pessoas. Trata-se de um livro emblemático do seu célebre e articulado ateísmo, além de ser um dos seus textos mais difundidos. As idéias desse ensaio eram – e ainda são – ousadas, controversas e, para os religiosos, extremamente blasfemas. Um trabalho notável, espirituoso e deliciosamente escrito, que é a melhor porta de entrada para a obra e o pensamento deste incomparável matemático e humanista. Com a mesma força com que repudia a fé religiosa, Russell acredita no ser humano, acima de todas as coisas.

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    NO QUE ACREDITO

  • Catálogo:
    Coleção L&PM E-books
  • Gênero:
    Ensaios
    Filosofia
  • eISBN:
    978.85.254.2984-1
  • Edição:
    setembro de 2013

Vida & Obra

Bertrand Russell

Bertrand Arthur William Russell, terceiro conde de Russell, nasceu no País de Gales, em uma família tradicional, no auge do poderio econômico e político inglês. Tornou-se filósofo, lógico e matemático, além de inveterado humanista. Escritor prolífico, ajudou a popularizar a filosofia por meio de palestras e comentários sobre uma grande variedade de assuntos, não apenas acadêmicos mas também relativos a questões da atualidade. Seguindo a tradição familiar de forte posicionam...

Ler mais

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar


"Russell escreveu a melhor prosa em língua inglesa de qualquer filósofo do século XX."
The Times

Nada é sagrado. Sexo, moral, política, sociedade – todo assunto é páreo para o gênio ácido e a mente lúcida de Bertrand Russell (1872-1970), o filósofo mais expressivo e engajado do século XX, ao lado de Sartre. Em No que acredito, publicado em 1925, ele reflete sobre o papel e a influência da religião na vida das pessoas. Trata-se de um livro emblemático do seu célebre e articulado ateísmo, além de ser um dos seus textos mais difundidos. As idéias desse ensaio eram – e ainda são – ousadas, controversas e, para os religiosos, extremamente blasfemas. Um trabalho notável, espirituoso e deliciosamente escrito, que é a melhor porta de entrada para a obra e o pensamento deste incomparável matemático e humanista. Com a mesma força com que repudia a fé religiosa, Russell acredita no ser humano, acima de todas as coisas.

" />