Outros Formatos


AYA DE YOPOUGON [VOLUME 2]

Marguerite Abouet

Tradução de Julia da Rosa Simões

R$42,00

Ser jovem na África da década de 70

Há muitas coisas estranhas acontecendo em Yop City, bairro de Abdijan, na Costa do Marfim. Adjoua, uma das melhores amigas de Aya, engravidou por descuido e deu à luz seu primeiro filho – que, no entanto, não se parece nem um pouco com o suposto pai: Moussa, o riquinho. A família de Moussa quer provas de que o bebê tem o seu sangue, e Adjoua se vê sozinha para cuidar de Bobby. Já Bintou se apaixonou perdidamente por um parisiense que está de férias na Costa do Marfim, e não tem mais tempo para as amigas. E uma visita inesperada vira de cabeça para baixo a vida de Ignace, o pai de Aya. Não bastasse tudo isso, uma ideia domina a cabeça das moças do bairro: se preparar para o concurso de beleza Miss Yopougon.

Em Aya vol. 2, as peripécias das amigas Aya, Adjoua e Bintou – três jovens como quaisquer outras na África pós-colonial da década de 70 – continuam, como continua a bem-humorada e colorida crônica da vida cotidiana na Costa do Marfim. Em Yop City, nem os problemas, nem a falta de perspectiva, nem a desigualdade impedem os jovens de se divertir e sonhar com um mundo melhor.

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    AYA DE YOPOUGON [VOLUME 2]

  • Catálogo:
    Outros Formatos
    Coleção L&PM Infantojuvenil
  • Gênero:
    Quadrinhos
    Literatura infantojuvenil Juvenil
  • Série:
    Quadrinhos
  • Cód.Barras:
    9788525427359
  • ISBN:
    978-85-254-2735-9
  • Páginas:
    128
  • Edição:
    novembro de 2012

Vida & Obra

Marguerite Abouet

Marguerite Abouet nasceu em Abidjan, em 1971. Aos doze anos, seus pais a enviaram, junto com o irmão mais velho, para “fazer longos estudos” em Paris, onde se hospedaram na casa de uma tia-avó materna. Depois de estudos menos longos que o previsto, ela se dedicou à escrita e ao romance, enquanto virava punk, superbabá para trigêmeos, para vovós e vovôs, servente, operadora de dados... Atualmente é assistente jurídica em um escritório de advocacia, vive em Romainville e continua escrevendo romanc...

Ler mais

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar


Há muitas coisas estranhas acontecendo em Yop City, bairro de Abdijan, na Costa do Marfim. Adjoua, uma das melhores amigas de Aya, engravidou por descuido e deu à luz seu primeiro filho – que, no entanto, não se parece nem um pouco com o suposto pai: Moussa, o riquinho. A família de Moussa quer provas de que o bebê tem o seu sangue, e Adjoua se vê sozinha para cuidar de Bobby. Já Bintou se apaixonou perdidamente por um parisiense que está de férias na Costa do Marfim, e não tem mais tempo para as amigas. E uma visita inesperada vira de cabeça para baixo a vida de Ignace, o pai de Aya. Não bastasse tudo isso, uma ideia domina a cabeça das moças do bairro: se preparar para o concurso de beleza Miss Yopougon.

Em Aya vol. 2, as peripécias das amigas Aya, Adjoua e Bintou – três jovens como quaisquer outras na África pós-colonial da década de 70 – continuam, como continua a bem-humorada e colorida crônica da vida cotidiana na Costa do Marfim. Em Yop City, nem os problemas, nem a falta de perspectiva, nem a desigualdade impedem os jovens de se divertir e sonhar com um mundo melhor.

" />