Coleção L&PM E-books


O CURIOSO CASO DE BENJAMIN BUTTON (SEGUIDO DE BERNICE CORTA O CABELO)

THE CURIOUS CASE OF BENJAMIN BUTTON E BERNICE BOBS HER HAIR

F. Scott Fitzgerald

Tradução de Rodrigo Breunig, Cássia Zanon

Um dos contos mais memoráveis de Fitzgerald

Em uma introdução a “O curioso caso de Benjamin Button”, Fitzgeral descreveu que baseou esta história numa observação de Mark Twain – ele afirmava ser uma pena que a melhor parte da vida viesse logo ao começo e a pior parte ficasse para o final. Neste conto, Fitzgerald inverte esta lógica: o esperado bebê do casal Button nasce com setenta anos, 1 metro e 73 centímetros de altura, uma barba proeminente e muitos cabelos brancos. Para além do estranhamento inicial que o nascimento causa na Baltimore do século XIX, Benjamin, a cada dia que passa, fica menos enrugado, menos curvado e mais jovial. Publicado pela primeira vez na revista Collier’s, em 1921, o conto foi eternizado no cinema com a atuação de Brad Pitt, que interpreta Benjamin durante toda a vida. Este personagem que vai rejuvenescendo ao longo dos anos levanta uma das maiores questões da humanidade: como lidar com a inexorabilidade da passagem do tempo.

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    O CURIOSO CASO DE BENJAMIN BUTTON (SEGUIDO DE BERNICE CORTA O CABELO)

  • Título Original:
    THE CURIOUS CASE OF BENJAMIN BUTTON E BERNICE BOBS HER HAIR
  • Catálogo:
    Coleção L&PM E-books
  • Gênero:
    Literatura estrangeira
    Romance
  • Série:
    Coleção 96 Páginas
  • eISBN:
    978.85.254.2866-0
  • Edição:
    agosto de 2016

Vida & Obra

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar


Um dos contos mais memoráveis de Fitzgerald

Em uma introdução a “O curioso caso de Benjamin Button”, Fitzgeral descreveu que baseou esta história numa observação de Mark Twain – ele afirmava ser uma pena que a melhor parte da vida viesse logo ao começo e a pior parte ficasse para o final. Neste conto, Fitzgerald inverte esta lógica: o esperado bebê do casal Button nasce com setenta anos, 1 metro e 73 centímetros de altura, uma barba proeminente e muitos cabelos brancos. Para além do estranhamento inicial que o nascimento causa na Baltimore do século XIX, Benjamin, a cada dia que passa, fica menos enrugado, menos curvado e mais jovial. Publicado pela primeira vez na revista Collier’s, em 1921, o conto foi eternizado no cinema com a atuação de Brad Pitt, que interpreta Benjamin durante toda a vida. Este personagem que vai rejuvenescendo ao longo dos anos levanta uma das maiores questões da humanidade: como lidar com a inexorabilidade da passagem do tempo.

" />