Outros Formatos


RONDAS DE ESCÁRNIO E LOUCURA - Sergio Faraco

RONDAS DE ESCÁRNIO E LOUCURA

R$16,00

Prêmio Açorianos de Literatura – categoria contos/ Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre ( 2001)


Sergio Faraco é um dos grandes nomes da literatura brasileira. Em Rondas de escárnio e loucura temos a confirmação do seu talento de contista, autor de algumas obras-primas do gênero no Brasil. Precisão e emoção.

A amargura combinada com o lirismo, o universo tristemente fascinante dos perdedores, a miséria e a grandeza da condição humana. Sergio Faraco criou um volume que privilegia o leitor com doses compactas de grande literatura. Seja na tensão do magnífico conto "Saloon", na loucura que cresce com as águas de "Enchente", no erotismo de "Pessoas de bem", como na abissal aflição do homem que vai perder a viagem, temos contos que inquietam e encantam, e fazem deste livro um dos grandes momentos da moderna literatura brasileira.

Contos:

"Quatro gringos na restinga"
"Três segredos"
"Madrugada"
"O silêncio"
"Sonhar com serras"
"Saloon"
"Uma voz do passado"
"Pessoas de bem"
"A era do silício"
"A enchente"
"Legião Estrangeira"

 

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    RONDAS DE ESCÁRNIO E LOUCURA

  • Catálogo:
    Outros Formatos
  • Gênero:
    Crônica
    Literatura moderna brasileira
  • Cód.Barras:
    9788525410603
  • Páginas:
    104

Vida & Obra

Sergio Faraco

Nasceu em Alegrete, no Rio Grande do Sul, em 1940. Entre os anos 1963 e 1965, viveu na União Soviética, tendo cursado o Instituto Internacional de Ciências Sociais, em Moscou. Mais tarde, no Brasil, bacharelou-se em Direito. Em 1988, seu livro A dama do Bar Nevada obteve o Prêmio Galeão Coutinho, conferido pela União Brasileira de Escritores ao melhor volume de contos lançado no Brasil no ano anterior. Em 1994, com A lua com sede, recebeu o Prêmio Henrique Ber...

Ler mais

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar


Prêmio Açorianos de Literatura – categoria contos/ Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre ( 2001)


Sergio Faraco é um dos grandes nomes da literatura brasileira. Em Rondas de escárnio e loucura temos a confirmação do seu talento de contista, autor de algumas obras-primas do gênero no Brasil. Precisão e emoção.

A amargura combinada com o lirismo, o universo tristemente fascinante dos perdedores, a miséria e a grandeza da condição humana. Sergio Faraco criou um volume que privilegia o leitor com doses compactas de grande literatura. Seja na tensão do magnífico conto "Saloon", na loucura que cresce com as águas de "Enchente", no erotismo de "Pessoas de bem", como na abissal aflição do homem que vai perder a viagem, temos contos que inquietam e encantam, e fazem deste livro um dos grandes momentos da moderna literatura brasileira.

Contos:

"Quatro gringos na restinga"
"Três segredos"
"Madrugada"
"O silêncio"
"Sonhar com serras"
"Saloon"
"Uma voz do passado"
"Pessoas de bem"
"A era do silício"
"A enchente"
"Legião Estrangeira"

 

" />