Coleção L&PM E-books


Josué Guimarães (1921-1986) foi um dos mais importantes escritores gaúchos deste século. Romancista emérito, autor de clássicos como A ferro e fogo I (Tempo de solidão), A ferro e fogo II (Tempo de guerra), Camilo Mortágua e Os tambores silenciosos, escreveu também novelas, peças de teatro, livros infanto-juvenis e infantis. Em Enquanto a noite não chega, Josué Guimarães atinge momentos de surpreendente lirismo e suave poesia. É a história de uma cidade abandonada, onde os últimos moradores são um casal de velhinhos, Dom Eleutério e Dona Conceição, e um coveiro, Seu Teodoro, que mantém duas sepulturas abertas à espera de que os dois morram e ele possa ir embora para outra cidade. Mas então, acontece o inesperado...

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    ENQUANTO A NOITE NÃO CHEGA

  • Catálogo:
    Coleção L&PM E-books
  • Gênero:
    Literatura moderna brasileira
  • eISBN:
    978.85.254.2306-1

Vida & Obra

Josué Guimarães

Josué Guimarães (RS, 1921-1986) é considerado um dos grandes escritores brasileiros do século XX, tendo deixado uma obra fundamental como romancista, jornalista e autor de histórias infantis e infanto-juvenis.

Josué Marques Guimarães nasceu em São Jerônimo, no Rio Grande do Sul, em 7 de janeiro de 1921. No ano seguinte sua família mudou-se para a cidade de Rosário do Sul, na fronteira com o Uruguai, onde seu pai, um pastor da Igreja Episcopal B...

Ler mais

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar


Josué Guimarães (1921-1986) foi um dos mais importantes escritores gaúchos deste século. Romancista emérito, autor de clássicos como A ferro e fogo I (Tempo de solidão), A ferro e fogo II (Tempo de guerra), Camilo Mortágua e Os tambores silenciosos, escreveu também novelas, peças de teatro, livros infanto-juvenis e infantis. Em Enquanto a noite não chega, Josué Guimarães atinge momentos de surpreendente lirismo e suave poesia. É a história de uma cidade abandonada, onde os últimos moradores são um casal de velhinhos, Dom Eleutério e Dona Conceição, e um coveiro, Seu Teodoro, que mantém duas sepulturas abertas à espera de que os dois morram e ele possa ir embora para outra cidade. Mas então, acontece o inesperado...

" />