Coleção L&PM Pocket


"Escritores famintos levam uma vida pior do que a dos vagabundos da favela. E isto porque há duas coisas de que precisam: quatro paredes, e estar sozinhos."

Charles Bukowski - "Pedaços de um caderno manchado de vinho"

PEDAÇOS DE UM CADERNO MANCHADO DE VINHO - POCKET

Charles Bukowski

Tradução de Pedro Gonzaga

R$36,90

Toda a diversidade da obra de Bukowski agora em pocket

Uma das figuras mais controversas da literatura norte-americana do século XX, Bukowski era um artista tão prolífico que muitos de seus escritos permaneceram dispersos ao longo de sua vida. Pedaços de um caderno manchado de vinho é uma vigorosa e abrangente seleção de alguns desses trabalhos, a maioria dos quais ficou restrita à publicação original em jornais independentes, periódicos literários e até revistas pornôs. Entre eles estão o primeiro e o último conto de Bukowski a serem publicados, assim como seu primeiro e seu último ensaio, e a primeira das famosas colunas “Notas de um velho safado”. Além de discorrer sobre seus temas preferidos – álcool, mulheres e a vida de um sujeito comum no submundo de Los Angeles –, ele propõe digressões únicas a respeito de figuras como Antonin Artaud, Ezra Pound e Hemingway, revelando uma lucidez surpreendente por trás de escritos aparentemente improvisados. É leitura essencial para fãs de Bukowski e uma introdução perfeita a novos leitores desse escritor inovador e nada convencional.

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    PEDAÇOS DE UM CADERNO MANCHADO DE VINHO - POCKET

  • Catálogo:
    Coleção L&PM Pocket
  • Gênero:
    Ficção
    Contos
  • Série:
    Bukowski
  • Referência:
    1080
  • Cód.Barras:
    9788525427502
  • ISBN:
    978.85.254.2750-2
  • Páginas:
    336

Vida & Obra

Charles Bukowski

Nasceu em Andernach, na Alemanha, a 16 de agosto de 1920, filho de um soldado americano e de uma jovem alemã. Aos três anos de idade, foi levado aos Estados Unidos pelos pais. Criou-se em meio à pobreza de Los Angeles, cidade onde morou por cinqüenta anos, escrevendo e embriagando-se. Publicou seu primeiro conto em 1944, aos 24 anos de idade. Só aos 35 anos é que começou a publicar poesias. Foi internado diversas vezes com crises de ...

Ler mais

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar


Toda a diversidade da obra de Bukowski agora em pocket

Uma das figuras mais controversas da literatura norte-americana do século XX, Bukowski era um artista tão prolífico que muitos de seus escritos permaneceram dispersos ao longo de sua vida. Pedaços de um caderno manchado de vinho é uma vigorosa e abrangente seleção de alguns desses trabalhos, a maioria dos quais ficou restrita à publicação original em jornais independentes, periódicos literários e até revistas pornôs. Entre eles estão o primeiro e o último conto de Bukowski a serem publicados, assim como seu primeiro e seu último ensaio, e a primeira das famosas colunas “Notas de um velho safado”. Além de discorrer sobre seus temas preferidos – álcool, mulheres e a vida de um sujeito comum no submundo de Los Angeles –, ele propõe digressões únicas a respeito de figuras como Antonin Artaud, Ezra Pound e Hemingway, revelando uma lucidez surpreendente por trás de escritos aparentemente improvisados. É leitura essencial para fãs de Bukowski e uma introdução perfeita a novos leitores desse escritor inovador e nada convencional.

" />