Coleção L&PM Pocket


JOHN M. KEYNES

JOHN MAYNARD KEYNES

Bernard Gazier

Tradução de Paulo Neves

John Maynard Keynes chacoalhou o pensamento econômico ao fundar a macroeconomia moderna. Poucas obras suscitaram tantos comentários e controvérsias quanto a Teoria geral do emprego, do juro e da moeda (1936), seu principal livro. Foi também um dos expoentes do grupo intelectual de Bloomsbury – encabeçado por Virginia Woolf e sua irmã – por meio do qual entrou em contato com a psicanálise e com a arte. A participação na elaboração do Tratado de Versalhes, assim como o papel de conselheiro do governo britânico durante a Segunda Guerra Mundial mostram por que o ideário keynesiano dominou o pensamento econômico mundial durante trinta anos, para voltar a ser valorizado na crise iniciada em 2008.

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    JOHN M. KEYNES

  • Título Original:
    JOHN MAYNARD KEYNES
  • Catálogo:
    Coleção L&PM Pocket
  • Gênero:
    Não ficção
    Biografias
  • Série:
    Encyclopaedia
  • Referência:
    919
  • Cód.Barras:
    9788525421012
  • ISBN:
    978.85.254.2101-2
  • Páginas:
    128
  • Edição:
    janeiro de 2011

Vida & Obra

Bernard Gazier

Bernard Grazier é professor de Economia na Universidade Paris I Pantréon-Sorbonne.

Ler mais

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar


John Maynard Keynes chacoalhou o pensamento econômico ao fundar a macroeconomia moderna. Poucas obras suscitaram tantos comentários e controvérsias quanto a Teoria geral do emprego, do juro e da moeda (1936), seu principal livro. Foi também um dos expoentes do grupo intelectual de Bloomsbury – encabeçado por Virginia Woolf e sua irmã – por meio do qual entrou em contato com a psicanálise e com a arte. A participação na elaboração do Tratado de Versalhes, assim como o papel de conselheiro do governo britânico durante a Segunda Guerra Mundial mostram por que o ideário keynesiano dominou o pensamento econômico mundial durante trinta anos, para voltar a ser valorizado na crise iniciada em 2008.

" />