Outros Formatos


PEDAÇOS DE UM CADERNO MANCHADO DE VINHO - Charles Bukowski

PEDAÇOS DE UM CADERNO MANCHADO DE VINHO

PORTIONS FROM A WINE-STAINED NOTEBOOK

Charles Bukowski

Tradução de Pedro Gonzaga

"Há uma semana fui parado nas ruas. Arrancado do carro por dois policiais motorizados que disseram que minhas luzes de freio não estavam funcionando. Como eu já tinha tomado umas cervejas, fui submetido a vários testes de equilíbrio. Não fui amparado e nem me fizeram responder perguntas, exceto: de onde eu estava vindo e aonde estava indo?"

Uma das figuras mais controversas da literatura norte-americana do século XX, Charles Bukowski era um artista tão prolífico que muitos de seus escritos permaneceram dispersos ao longo de sua vida. Pedaços de um caderno manchado de vinho é uma vigorosa e abrangente seleção de alguns desses trabalhos, a maioria dos quais ficou restrita à publicação original em jornais independentes, periódicos literários e até revistas pornôs. Entre eles estão o primeiro e o último conto de Bukowski a serem publicados, assim como seu primeiro e seu último ensaio, e a primeira das famosas colunas “Notas de um velho safado”. Além de discorrer sobre seus temas preferidos – álcool, mulheres e a vida de um sujeito comum no submundo de Los Angeles –, ele propõe digressões únicas a respeito de figuras como Antonin Artaud, Ezra Pound e Hemingway, revelando uma mente surpreendentemente lúcida por trás de escritos aparentemente improvisados. Pedaços de um caderno manchado de vinho é leitura essencial para fãs de Bukowski ao mesmo tempo em que constitui uma introdução perfeita a novos leitores desse escritor inovador e nada convencional.

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    PEDAÇOS DE UM CADERNO MANCHADO DE VINHO

  • Título Original:
    PORTIONS FROM A WINE-STAINED NOTEBOOK
  • Catálogo:
    Outros Formatos
  • Gênero:
    Contos
    Ensaios
  • Série:
    Bukowski
  • Cód.Barras:
    9788525420459
  • ISBN:
    978.85.254.2045-9
  • Páginas:
    304
  • Edição:
    agosto de 2010

Vida & Obra

Charles Bukowski

Nasceu em Andernach, na Alemanha, a 16 de agosto de 1920, filho de um soldado americano e de uma jovem alemã. Aos três anos de idade, foi levado aos Estados Unidos pelos pais. Criou-se em meio à pobreza de Los Angeles, cidade onde morou por cinqüenta anos, escrevendo e embriagando-se. Publicou seu primeiro conto em 1944, aos 24 anos de idade. Só aos 35 anos é que começou a publicar poesias. Foi internado diversas vezes com crises de ...

Ler mais

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar


"Há uma semana fui parado nas ruas. Arrancado do carro por dois policiais motorizados que disseram que minhas luzes de freio não estavam funcionando. Como eu já tinha tomado umas cervejas, fui submetido a vários testes de equilíbrio. Não fui amparado e nem me fizeram responder perguntas, exceto: de onde eu estava vindo e aonde estava indo?"

Uma das figuras mais controversas da literatura norte-americana do século XX, Charles Bukowski era um artista tão prolífico que muitos de seus escritos permaneceram dispersos ao longo de sua vida. Pedaços de um caderno manchado de vinho é uma vigorosa e abrangente seleção de alguns desses trabalhos, a maioria dos quais ficou restrita à publicação original em jornais independentes, periódicos literários e até revistas pornôs. Entre eles estão o primeiro e o último conto de Bukowski a serem publicados, assim como seu primeiro e seu último ensaio, e a primeira das famosas colunas “Notas de um velho safado”. Além de discorrer sobre seus temas preferidos – álcool, mulheres e a vida de um sujeito comum no submundo de Los Angeles –, ele propõe digressões únicas a respeito de figuras como Antonin Artaud, Ezra Pound e Hemingway, revelando uma mente surpreendentemente lúcida por trás de escritos aparentemente improvisados. Pedaços de um caderno manchado de vinho é leitura essencial para fãs de Bukowski ao mesmo tempo em que constitui uma introdução perfeita a novos leitores desse escritor inovador e nada convencional.

" />