Outros Formatos


PIC

PIC

Jack Kerouac

Tradução de Guilherme da Silva Braga

A estrada da vida

É na estrada que Pic conhece o mundo, e é a sua voz que conduz esta narrativa de descobertas. Do Sul para o Norte dos Estados Unidos, cruzando de ônibus a linha Mason-Dixon, Pic, na companhia de seu irmão mais velho, vai descobrir uma nova vida em Nova York. Ao chegar na cidade grande, tudo o alucina: o jazz, as luzes, os arranha-céus que ofuscam a pobreza em que o irmão e a esposa grávida vivem. A salvação – se é que ela existe – parece estar do outro lado do país, no extremo oeste da Califórnia.
Por trás da história do pequeno Pic, Jack Kerouac retrata a formação de um menino em meio ao contexto de segregação racial vigente nos Estados Unidos dos anos 40, que por sua vez remete a um passado – nem tão distante – de escravidão. Em Pic, a experimentação da narrativa em primeira pessoa em busca de uma linguagem autêntica explode num texto predominantemente coloquial – delicado ao retratar esses dois irmãos que estão em busca de uma vida melhor e áspero ao mostrar a realidade tão dura na qual estão inseridos.

Publicado postumamente, em 1971, Pic começou a ser escrito na década de 50 e teve um papel impor­tante no desenvolvimento dos experimenta­lis­mos esti­lísticos que seriam levados às últimas consequências no clássico On the Road. Trata-se de um texto sui generis na obra do autor, considerado por muitos a comprovação de que Kerouac podia escrever sobre todo e qualquer assunto.

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    PIC

  • Título Original:
    PIC
  • Catálogo:
    Outros Formatos
  • Gênero:
    Ficção estrangeira
    Literatura Beat
  • Série:
    Beats
    Kerouac
  • Cód.Barras:
    9788525432063
  • ISBN:
    978-85-254-3206-3
  • Páginas:
    112
  • Edição:
    agosto de 2015

Vida & Obra

Jack Kerouac

Jack Kerouac nasceu em Lowell, Massachusetts, em 12 de março de 1922; era o mais novo de três filhos de uma família de origem franco-canadense. Começou a aprender inglês apenas aos seis anos de idade, estudou em escolas católicas e públicas locais e, como jogava futebol americano muito bem, ganhou uma bolsa para a Universidade de Columbia, em Nova York. Nesta cidade conheceu Neal Cassady, Allen Ginsberg e William S. Burroughs. Largou a faculdade no segundo ano, depois ...

Ler mais

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar