em 


Opções Avançadas

Vida & Obra

 

Livros do Autor



A LUTA

Norman Mailer
Tradução de Rodrigo Breunig

Coleção L&PM Pocket
Ref. 1321
272 páginas
ISBN 978.85.254.3844-7

R$28,90



UM SONHO AMERICANO

Norman Mailer
Tradução de Lia Wyler

Coleção L&PM Pocket
Ref. 572
280 páginas
ISBN 978.85.254.1522-6
Também em e-book

R$27,90



UM SONHO AMERICANO

Norman Mailer
Tradução de Lia Wyler

Coleção L&PM E-books
Formato ePub
ISBN 978.85.254.2905-6

R$14,90

Norman Mailer

Norman Mailer nasceu em 1923 em New Jersey, cresceu no Brooklyn e ingressou na Universidade de Harvard com apenas dezesseis anos para estudar engenharia. Durante a Segunda Guerra Mundial serviu nas Filipinas, experiência que forneceu material para o seu elogiado romance de estréia, Os nus e os mortos, de 1948, que o tornou célebre aos 25 anos. Fundou a revista Village Voice em 1955 e foi editor da Dissent entre 1952 e 1963. Em 1967, foi preso por participar de manifestações contra a Guerra do Vietnã. Foi casado seis vezes, tem nove filhos e concorreu, sem sucesso, à prefeitura de Nova York.

Um dos mais controversos jornalistas norte-americanos do século XX, Mailer, juntamente com Truman Capote e Tom Wolfe, inovou no gênero de não-ficção (o chamado New Journalism) e ficou conhecido no mundo inteiro por seu posicionamento crítico à política americana. Escreveu mais de quarenta livros, entre eles A luta (1975) e Os machões não dançam (1984), além de peças, roteiros, poemas e contos. Recebeu duas vezes o prêmio Pulitzer, primeiro por Os exércitos da noite (1968), sobre os movimentos contra a guerra do Vietnã – pelo qual também recebeu o National Book Award for Arts and Letters –, e em 1980, por A canção do carrasco (1979), sobre a execução de Garry Gilmore.

Opinião do Leitor

"Para mim, Mailer era um autentico louco, assim como todo o mundo o é. Como foi capaz de escrever daquele jeito tão aberto e falar asneiras no canto do carrasco? Sou também de opinião que o gajo era um fora de regra; sério. Não me pôde conter ao ler o canto do carrasco. Nem por um minuto me deu largar o livro e fazer outra coisa antes que sentisse o fim gilmore. O gajo era aberto a exagerar. Pelos vistos talvez nem gostasse das formalidades deste mundo, assim como eu me sinto sufocado por elas."

Banny di Castro
Ganda

voltar ir para o topo   imprimir página
 

Home    Quem Somos    Notícias    Mapa do Site    Fale Conosco    Podcast L&PM

Rua Comendador Coruja, 314 - Fone: (51) 3225.5777 - Fax: (51) 3221.5380 - Porto Alegre/RS - CEP 90220-180
Alameda Santos, 1470, cj 310 - Cerqueira César - Fone: (11) 3578.6606 - São Paulo/SP - CEP 01418-903

© 2003-2019 Publibook Livros e Papeis Ltda. - CNPJ 87.932.463/0001-70 - Powered by CIS Manager   Desenvolvido por Construtiva